VIAMÃO, 05/03/2021
Crise do coronavírus

Médica responsável pelo comitê de enfrentamento ao coronavírus entrega posto a Russinho

por Cristiano Abreu | Publicada em 02/05/2020 às 00h| Atualizada em 23/05/2020 às 16h04

Ontem, no artigo em que apontava o erro da administração municipal em liberar de forma irrestrita o comércio em Viamão (No dia em que Russinho libera a abertura geral do comércio, Viamão chega a 24 casos de covid-19; O provérbio e os três macacos sábios), comentei que órgãos de controle importantes nesse processo, como Conselho Municipal de Saúde (CMS) e Comitê de Operações de Emergência em Saúde (COE) não foram consultados. Também alertei que nenhum profissional que trabalha sério suporta tanta interferência política.

Não deu outra. A canetada que permitiu as portas abertas a partir de hoje (2) já causou baixas. Nesta manhã que mais parece véspera de Natal nas ruas do Centro, a presidente do Conselho de Saúde, Laureci da Silva Goulart, tornou público que o órgão não foi consultado a respeito do novo decreto - como a coluna antecipou. E mais: a médica Maria Letícia Rodrugues Ikeda entregou carta a Russinho comunicando sua saída do Comitê. CMS e Ministério Público já estão oficialmente informados.

Conforme o Diário de Viamão apurou, a decisão está baseada nas dificuldades encontratadas por Maria Letícia para operacionalizar o Plano de Enfrentamento ao Coronavírus. a médica cita "impossibilidade de estabelecer governança local". O pedido de saída foi realizado por ela na tade de quinta-feira (30), quando a administração discutia os termos do decreto para a reabertura do comércio. 

Ikeda era mais uma voz técnica - e portanto contra a reabertura - que não foi ouvida.

 

Encerro essa coluna com o trabalho do cartunista Stephens. A charge, de forma simples e eficiente, traz a ideia perfeita do capital que sacrifica a vida, e sugere a linha de pensamento dos que, diante dos mortos Brasíla afora, dizem "e daí?"

 

 

LEIA TAMBÉM

Novos veículos amenizam parte dos problemas do Samu, mas condições de trabalho das equipes são precárias

Viamão pode ter 12 vezes mais infectados por covid-19; reabrir ou não comércio?

Uso de máscaras é obrigatório a partir de hoje em Viamão; Para sair na rua, só usando proteção

 

ÚLTIMAS

Crise do coronavírus
Ultrapassamos as 300 mortes, e lotação do hospital Viamão atinge 383%; Bonatto anuncia telemedicina, estuda a compra de vacinas e garante testagem da população
Crise do coronavírus
Viamão adia volta da rede municipal e suspende retomada das aulas presenciais por tempo indeterminado
Crise do coronavírus
Cogestão será suspensa, e todo o Estado entra em bandeira preta a partir de sábado; Prefeito que tem juízo não deve reclamar
Operação Academus
Polícia Civil apurar crimes contra a administração pública e cumpre mandados em Viamão
Eduardo Leite puxou a escada
Bonatto volta atrás, e a bandeira preta ’desbota’ em Viamão; Secretária da Educação também está com COVID-19
Crise do coronavírus
Entre a cruz e a espada: vice-prefeito está com COVID-19, e Bonatto só aguarda ’melhor momento’ para anunciar fechamento do comércio; Problema é convencer os negacionistas
Crise do coronavírus
Eduardo Leite confirma bandeira preta para Viamão, mas mantém cogestão; Agora a pressão está sobre os ombros de Bonatto, que falará em live nesta noite
Crise do coronavírus
Viamão em bandeira preta: Prefeitura discute ações para enfrentar aumento da transmissão da COVID-19; 93% dos leitos do hospital estão ocupados
Crise do coronavírus
Ministério Público e Tribunal de Contas atuam juntos na apuração de denúncias de irregularidades na vacinação; Tem investigação em Viamão
Crise do coronavírus
A vacinação a passos de formiga e a falta de dinheiro para leitos; Bolsonaro e o câncer que causa tabagismo
Opinião
Um país cego para o que realmente importa: o brasileiro, o BBB e o subterrâneo da política nacional
Insegurança cotidiana
Voltei às estatísticas: no Brasil, a gente tem que agradecer por ficar vivo após um assalto