Domingo, 20 de MAIO de 2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

Oi, filho

Filho, aproveite sua mãe

por Vinicius Ferrari | Publicada em 10/05/2018 às 17h19| Atualizada em 14/05/2018 às 09h09

Oi Beni, tudo bem?

Este é teu segundo dia das mães ao lado da tua mamãe, mas é o primeiro em que tu mais ou menos entende alguma coisa. O Dia das Mães, para que tu saiba, cai sempre no segundo domingo do mês de maio, todos os anos, e serve para os filhos valorizarem e demonstrarem todo o carinho que sentem por suas mamães, e as vezes dar um presentinho aqui, outro acolá (dica, nunca dê potes, tapetes ou coisas para a casa. Dia das Mães é para dar presente para ela!!!).

Sabe Beni a mamãe da gente é aquela mulher forte como uma rocha, aguerrida feito uma leoa e linda, via de regra a mulher mais linda que tu vais conhecer na tua vida toda. A mamãe da gente tem o melhor colo do mundo, e saiba que não há competição nenhuma nestes quesitos. Todo o pai sabe que ninguém, e nada, pode substituir uma mamãe, pois diz o ditado que mãe só tem uma. E não deixa de ser verdade. A mamãe da gente faz o melhor papa do mundo, sabe esquentar o microondas como ninguém e fazer o mama mais gostoso do planeta! A gente não sabe muito bem como, mas sempre que ficamos muito tempo sem vê-las soltamos um sorrisão assim que nossos olhos as alcançam, mais ou menos como tu faz quando a tua chega em casa depois da faculdade. Cada minutinho longe delas é uma eternidade, né? O pai te entende! Ah, o pai te entende muito bem!

O mais importante do dia das mães, meu filho, é entender que a tua mãe vai te irritar muito nessa vida. Vai te tirar a paciência por desconfigurar sabe-se lá qual aparelho eletrônico vai existir daqui uns anos ou por entrar no teu quarto sem bater na porta enquanto tu conversa sobre ~aquelascoisas~ com  teus amigos de escola. Reza a lenda que ela vai proibir saídas a noite vez ou outra, e vai te dizer para não andar mais com teus amigos por não serem ~boasinfluências~. Tua mãe, Beni, vai te incomodar para fazer a lição de casa, para comer todos os vegetais, para ir no mercado comprar pão ou para levar o lixo quando estiver pronto para sair. Sua mãe vai te constranger nas redes sociais e na frente dos amigos e muitas vezes tu vai soltar um sonoro “FALA SÉRIO, MÃE”!  Mas depois que a adolescência passar a relação de vocês dois vai melhorar bastante e o que parecia ser um mar agitado vai voltar a ser uma pacífica lagoa. Até porque ela vai passar o bastão mágico agitador de mares para tua esposa. Vez ou outra ela vai te cobrar atenção, dizer que tu nunca mais procurou ela e que fazem “meses” que tu não vai na casa dela, embora tenha ido a dois finais de semana atrás.

Mas filho, o que tu e todos os filhos que ainda tem mãe precisam fazer, urgentemente, é valorizar a mamãezinha de vocês, pois embora sejam fortes como uma rocha e aguerridas feito um leão elas dependem da vida, e essa é frágil e delicada como uma pétala de rosa. Abraça tua mãe todos os dias, beija ela todas as vezes que tiver vontade e diga que a ama sempre que teu coração mandar. Deixa que as coisas desagradáveis entrem por um ouvido e saiam pelo outro, e releve tudo o que ela falar quando estiverem brigando. Aproveita tua mãe todos os dias da tua vida e jamais vá dormir sem dar um beijo nela. De tudo o que a vida pode nos tirar, a mãe é a que mais faz falta.

 

Administrativo/comercial
51 3046-6114 - Ramal: 200
Redação
51 3046-6114 - Ramal: 202

redacao@diariodeviamao.com.br

Vinicius Ferrari - repórter
Guilherme Klamt - repórter/imagens
Silvestre Silva Santos - editor/economia
Maiara Tierling - administrativo/comercial
Rosângela Ilha - diretora
Roberto Gomes - diretor
Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS