Segunda, 19 de AGOSTO de 2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

direto da coreia

Na Terra do kpop

por Caroline Silveira | Direto da Coreia | Publicada em 21/02/2019 às 15h07| Atualizada em 13/03/2019 às 17h17

“A do sul, né?!” Essa é a pergunta que mais ouvi quando contei que estava indo pra Coreia. Sim, a do Sul. A terra do Kpop.

Infelizmente as pessoas não andam pelas ruas dançando Gangnam Style (hit coreano que virou febre no mundo inteiro), ainda assim o país é um lugar muito interessante.

A busca por aulas de coreano e por visitas ao país cresceu muito nos últimos anos, e isso deve-se ao Kpop: o pop coreano.

O gênero nasceu em meados dos anos 90, tendo grupos como H.O.T, Sechskies e S.E.S fazendo sucesso pelo país. Nos anos 2000 tivemos o surgimento de artistas como Big Bang, Girls Generation, Super Junior e outros - inclusive o Psy, dono do hit que já citamos -, que são responsáveis pelo início da febre do Kpop fora do país asiático. Desde então, muitos grupos e empresas foram lançados e criados. Hoje, muitos artistas são sucesso e fazem turnês pelo mundo: EXO, BTS, Blackpink, Got7, iKON, MonstaX e muitos outros.

“Mas o pessoal lá é tão fanático por esse tal de Kpop mesmo?”. Sim. Demais! O sentimento nacionalista no país é gigante, e o apreço pelos músicos locais é predominante. Os artistas estão em várias propagandas ao redor da cidade, as músicas tocam em todos os lugares, e podemos ver até apresentações na rua, chamadas de busking. Essa, na minha opinião, foi uma das melhores atrações que vi em Seul.

 

Grupos formados especialmente para essas apresentações de rua estão espalhados pela cidade. O principal ponto de busking em Seul é Hongdae, local muito popular na cidade (principalmente entre o público jovem). As apresentações ocorrem geralmente nos fins de semana, e cada grupo tem cerca de duas horas para se apresentar em um dos espaços disponíveis. É super organizado!

 

 

Voltei pro Brasil há duas semanas e já sinto falta de Seul. Aquela cidade me conquistou. Não apenas pelo Kpop, mas por sua gastronomia e por seus locais turísticos. Estes, eu deixo pra falar sobre nos próximos capítulos..!

 



Tainá Rios

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9306 0162
redacao@diariodeviamao.com.br

Vinicius Ferrari

Direção Geral e administrativo
51 9 9962 3023
vinicius@diariodeviamao.com.br

Vitor Zwozdiak

Departamento Comercial
comercial@diariodeviamao.com.br

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS