Sabado, 17 de AGOSTO de 2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

universo pop

Aladdin: porque você tem que assistir

por Leonardo Sturmer | Publicada em 07/06/2019 às 13h39| Atualizada em 10/06/2019 às 10h08

Tem semanas que são lotadas de coisas no universo pop, tem outras que são mais paradas. E essa semana foi bem parada. Tirando os lançamentos da Netflix (no final da coluna), não rolou muita coisa bacana o suficiente pra eu trazer aqui. Então o que eu decidi fazer? Recomendar Aladdin!

Aladdin: o melhor live action da Disney

Posso afirmar com toda certeza que o live action de Aladdin é o melhor da Disney - pelo menos até o momento. Depois de uns filmes sem muita emoção e com muitas críticas do público (como aconteceu com Cinderella A Bela e a Fera), eles decidiram realmente inovar e trouxeram um filme impecável em vários aspectos.

Vou começar falando o mais importante: o filme é bem diferente do desenho. Além de algumas mudanças positivas na história, temos uma música solo da Jasmine (que, inclusive, eu não paro de ouvir desde que assisti). As outras mudanças são no roteiro e na história, muitas delas para se encaixar num cenário mais atual.

 

O Will Smith de Gênio também ficou sensacional. Antes do filme estrear,  muita gente ficou criticando que ele não seria um bom Gênio. Spoiler: essas pessoas estavam erradas. Ele conseguiu fazer um personagem único, com a cara dele e, ao mesmo tempo, com a cara do personagem. Eu não sei explicar, só sei que achei incrível.

Vale lembrar que, para o restante do elenco, a Disney se empenhou e conseguiu encontrar ótimos atores com origens árabes - afinal, a história se passa lá. Grande destaque para Naomi Scott, que interpretou muito bem a princesa Jasmine, e para Mena Massoud, o Aladdin, que trouxe consigo um personagem divertido e carismático. 

Para não dizer que amei tuuudo no filme, duas coisas: o vilão Jafar, interpretado por Marwan Kenzari, deixou um pouco a desejar. Ele pareceu meio personagem de novela mexicana, sem muita expressão e sem aquele jeito de vilão muito do mal. E a outra coisa é: apesar da música da Jasmine ser ótima, acho que ela poderia ter sido melhor encaixada no filme, parece que ficou um pouco perdida ali no meio.

Bom, acho que fica claro que eu estou louco pra ver esse filme de novo, né? Aladdin está em cartaz nos cinemas e a trilha sonora (em português, inglês, indiano, na língua que você quiser), está disponível nas plataformas de streaming.

E na Netflix, o que temos?

Minha coluna antigamente era Anitta toda semana, agora é Netflix. Junho tá cheio de novidades por lá e algumas já estrearam - a nova temporada de Black Mirror, inclusive. Mas segue rolando que te digo o que mais vai chegar por lá!
 


Hoje estreia a terceira - e eu torço para que última - temporada de 3%, a primeira série brasileira original da Netflix! Estou curioso para assistir, principalmente pelo trailer e pelo final da última temporada. 

Além disso, hoje estreia o filme I Am Mother, que promete ser... muito Black Mirror. (Desculpa,não achei nenhuma expressão melhor). Teve gente que já assistiu e disse que o filme vale muito a pena ver. Eu já coloquei na lista.

Tainá Rios

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9306 0162
redacao@diariodeviamao.com.br

Vinicius Ferrari

Direção Geral e administrativo
51 9 9962 3023
vinicius@diariodeviamao.com.br

Vitor Zwozdiak

Departamento Comercial
comercial@diariodeviamao.com.br

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS