Sexta-feira, 24 de NOVEMBRO de 2017

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

opinião

Jeito de bicho

Publicada em 10/11/2017 às 08h53| Atualizada em 13/11/2017 às 14h28

Intriga-me essas pessoas que se parecem com bichos. Ou que se comportam com uma certa singularidade. Eu particularmente adoro cães e gatos. Muitas vezes me inspiro neles para recompor-me do estresse. A vida numa grande cidade é sempre de agitação. Cedo ou tarde isto se transforma em hipertensão. Exigindo tratamento e medicação. Então reporto-me à atuação do gato ou de algum outro felino que carrega em seu ser, uma certa harmonia.

Gatos são calmos, perspicazes e tem um certo domínio sobre o invisível. Não é à toa, que ele pode ser considerado um bicho evoluído na esfera da espiritualidade.Onde sente ambiente carregado de negatividade, ele foge. Desaparece. Magicamente. Imprevistamente. Seus olhos de fogo são como labaredas,que se contraem quando ele está com sono. No mais, enxerga muito. O real e até o escondido dos olhos humanos.

Cães são fantásticos. Transmitem luz aos donos. É necessário tratá-los com carinho. E uma certa autoridade. De qualquer forma serão sempre eternos amigos. À noite dominam as energias que não podemos acessar. Tem uma magia incrível. Sentem quando os raios, a chuva e as intempéries climáticas vão chegar. Quase sempre se escondem destes fenômenos. Antes mesmo que eles aconteçam.

Por isto, acho muito bom inspirar-me neles. Bichos não precisam tagarelar, falar aos cotovelos. Eles simplesmente sentem. Não é tato,nem fala, é superioridade. Às vezes tento imitá-los na forma de fugir dos perigos. Sair à francesa, é o termo certo. Quando se sente coisas negativas. Em verdade, os bons fluídos só serão encontrados em sua totalidade, nas florestas. Moradia eterna de muitos bichos. Entre eles, a onça pintada. Símbolo brasileiro. Linda e de caminhar malemolente. Aquela que vai direto ao ponto. Que sobe em árvores. E aprecia o que deve ser apreciado.

Busco contemplação nos bichos domésticos e amo os selvagens. Eles sabem se defender. E as florestas são como as grandes cidades. Escondem perigos. Às vezes letais.

 Me entusiasmo com a  vida da onça pintada porque ela é ágil. Sua agilidade ao lado da capacidade de permanecer estática observando a presa, são aspectos de sua concentração e habilidade física mental e psíquica.As onças pintadas são solitárias. Preferem viver e caçar sozinhas .Para o Feng Shui, animais são seres vivos que trazem energia e vida aos ambientes e para as pessoas. Qualquer animal, seja um gato, cachorro, pássaro, peixe ou tartaruga, é sinônimo de vida. E vida é energia. Portanto é sinal de inteligência amar os bichos. Catalisando até mesmo, seu jeito de viver no Planeta Terra.

 

 

 

Últimas Ana D Ávila

Paginas: [1] 2 Próxima »
Administrativo/comercial
51 3046-6114 - Ramal: 200
Redação
51 3046-6114 - Ramal: 202

redacao@diariodeviamao.com.br

Vinicius Ferrari - repórter
Guilherme Klamt - repórter/imagens
Silvestre Silva Santos - editor/economia
Maiara Tierling - administrativo/comercial
Rosângela Ilha - diretora
Roberto Gomes - diretor
Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS