Quarta-feira, 20 de JUNHO de 2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

3º Neurônio | cinema

Henry Calvin, além do Sargento Garcia

Publicada em 01/06/2018 às 12h27| Atualizada em 01/06/2018 às 17h23

Em 1957 os estúdios Disney produziram o seriado Zorro (1957-1959), estrelado por Guy Williams. Ao todo, foram produzidos 78 episódios, e 4 especiais de televisão.

A série, exibida pela ABC, fez muito sucesso, em especial com as crianças que eram fãs do herói mascarado criado por Johnston McCulley em 1919. Além de Zorro, também fazia muito sucesso o Sargento Demétrio Lopez Garcia, interpretado pelo ator Henry Calvin.

Wimberly Calvin Goodman, seu nome verdadeiro, nasceu em 25 de maio de 1918, em Dallas, no Texas. Calvin era um excelente cantor lírico, e estreou na carreira artística como barítono em produções da Broadway, tendo inclusive participado da primeira montagem de Kiss Me Kate.

Em 1950 estreou no rádio, como cantor, atuando nos microfones da NBC.

 

 

Em 1949 começou a fazer pequenos papéis como ator em programas de televisão, como The ClockMusical Comedy Time e The Philco Televison Playhose.

Em 1953 Henry Calvin teve seu primeiro contato com os Estúdios Disney, que o contratou para cantar a canção Never Smile at a Crocodile' na animação As Aventuras de Peter Pan (Peter Pan, 1953). Mas a versão da música não agradou aos diretores, que a regravaram com Frank Churchill e Jack Lawrence.

 

Versão de Never Smile at a Crocodile' com Henry Calvin

 

Em 1956 Henry finalmente estreou no cinema, atuando no filme Sombras Entre Sombras (Crime Against Joe, 1956). No mesmo ano atuou em Escravo do Ouro (The Broken Star, 1956) e no ano seguinte apareceu em The Yeoman of the Guard (1957).

Ainda em 1957 ele ingressaria para o elenco de Zorro, no papel que marcaria sua carreira para sempre, o atrapalhado e covarde Sargento Garcia.

 

: Henry Calvin e Guy Williams em Zorro

 

Na série, o talento musical de Calvin foi aproveitado, e ocasionalmente ele aparecia cantando em alguns episódios.

 

 

Ainda contratado pela Disney, apareceria em dois longa-metragens dedicados ao público infantil: Toby Tyler, o Mundo Fabuloso do Circo (Toby Tyler, or Ten Weeks With a Circus, 1960) e O Mundo Encantando dos Brinquedos (Babes in Toyland, 1961). Em ambos os filmes ele contracenou com o ator Gene Sheldon, que interpretava o Bernardo na série Zorro.

 

Gene Sheldon e Henry Calvin em O Mundo Encantando dos Brinquedos

 

Gene Sheldon, Henry Calvin e Ray Bolger em O Mundo Encantado dos Brinquedos

 

Com o fim da série e do contrato com a Disney, Calvin continuou atuando, mas o personagem do Sargento Garcia havia marcado demais a sua carreira. Além disto, não existiam muitos papéis para seu tipo físico.

Em 1963 ele participou do programa The Dick Van Dyke Show, e em um dos quadros interpretou Oliver Hardy enquanto Dick Van Dyke deu vida a Stan Laurel, a famosa dupla "O Gordo e o Magro". Hardy havia falecido em 1957, e os atores pretendiam fazer uma homenagem, mas Stan não gostou do resultado. Apesar disto, Henry Calvin ainda foi chamado para gravar um disco de histórias, dando voz ao famoso comediante que homenageará.

 

Dick Van Dycke e Henry Calvin como O Gordo e o Magro

 

Calvin ainda atuaria em séries como Petticoat JunctionO Agente da U.N.C.L.E. (The Man From  U.N.C.L.E) e Mannix. No cinema, faria ainda um pequeno papel em A Nau dos Insensatos (Ship of Fools, 1965).

 

Henry Calvin em Mannix

 

Seus últimos trabalhos foram nos telefilmes The World: Color it Happy (1967) e The Boy and the Turtle(1971), este último estrelado pelo ator mirim Manuel Padilla Jr, o Jay da série Tarzan da década de 70.

No Brasil, a série Zorro estreou na TV Tupi em 1963, com o nome Toddy e A Marca do Zorro (o nome levava o nome do achocolatado que patrocinava a atração). Em 1973 a série voltou a televisão, sendo agora exibida pela Rede Globo dentro do programa Capitão Furacão. Orlando Drummond (o Seu Perú da Escolhinha do Professor Raymundo) era o dublador brasileiro do personagem Sargento Garcia, e em 1970 chegou a conhecer o ator Henry Calvin, durante uma visita deste ao país.

 

Orlando Drummond dublando o Sargento Garcia

 

Calvin e Guy Williams ficaram muito amigos, e por anos viajaram juntos participando de eventos para os fãs da série. Juntos visitaram inúmeros países da América do Sul, principalmente a Argentina, cujo governo chegou a financiar algumas dessas viagens.

 

Britt Lamond, Guy Williams, Henry Calvin, Jolene Brand e Gene Sheldon

 

No final de 1973 Henry Calvin esteve pela última vez na Argentina, visivelmente mais magro. O ator disse a imprensa que havia conseguido emagrecer 80 quilos após muitos anos de esforços sem resultados. Na verdade, ele sofria de um câncer na garganta, ainda não diagnosticado.

 

Henry Calvin e Guy Williams na Argentina, em 1973

 

Henry Calvin faleceu em consequência deste câncer, em 6 de outubro de 1975, em Dallas, no Texas.

 

Diego Nunes é gaúcho, formado em Rádio e TV pela Universidade Metodista de São Paulo, é pesquisador da memória cultural e artística, e sua paixão é o cinema. Além disso, atua como diretor cultural da Pró-TV, Museu da TV Brasileira, e no departamento de arquivo da Rede Record de Televisão.

Acompanhe-o pelo Memória Cinematográfica.

Últimas 3º Neurônio

3º Neurônio | opinião
É mais interessante o Lula sacralizado ou o Lula profano?
3º Neurônio | opinião
Quando o Deus dos animais acorda de ressaca
3º Neurônio | comportamento
Quem dos 11 tipos é você no grupo de pais e mães do WhatsApp?
3º Neurônio | opinião
Caminhoneiro: o novo velho protagonista do Brasil
3º Neurônio | tecnologia
Sem celular até os 15 anos: uma lei para proibir telefone nas escolas
3º Neurônio | opinião
A hipótese do futebol tecnocrata: porque o analista moderno despreza tanto o talento e a intuição
3º Neurônio | cinema
Allyn Ann McLerie, uma estrela dos musicais
3º Neurônio | comportamento
Equilíbrio e sensibilidade: assim é uma pessoa altamente sensível
opinião
Escola sem Partido ou Escola sem Juízo?
3º Neurônio | cinema
Como Debbie Reynolds lançou Chuck Norris
3º Neurônio | estilo
Os quatro C’s para encontrar a felicidade em vez do prazer
3º Neurônio | cinema
Henry Calvin, além do Sargento Garcia
3º Neurônio | comportamento
Dez frases proibidas para educar seu filho
3º Neurônio | opinião
Saudades da ditadura, a narrativa umbiguista para o mundo ideal
3º Neurônio | tecnologia
Odeio o celular da minha mãe porque ela sempre está com ele
3º Neurônio | ciência
Os números explicam o mundo
entrevista
Ivo Herzog: O Brasil insiste em virar a página da ditadura mas sem escrevê-la antes
Opinião
O mundo precisa de adultos responsáveis, não de otimismo infantilizado
3º Neurônio | tecnologia
O celular consegue ouvir nossas conversas particulares?
3º Neurônio | música
Belchior: viagem no universo de Nietzsche
Administrativo/comercial
51 3046-6114 - Ramal: 200
Redação
51 3046-6114 - Ramal: 202

redacao@diariodeviamao.com.br

Vinicius Ferrari - repórter
Guilherme Klamt - repórter/imagens
Silvestre Silva Santos - editor/economia
Maiara Tierling - administrativo/comercial
Rosângela Ilha - diretora
Roberto Gomes - diretor
Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS