Quarta-feira, 26 de SETEMBRO de 2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

universo pop

Resenha de livro: Para todos os garotos que já amei

Publicada em 29/06/2018 às 15h02| Atualizada em 05/07/2018 às 15h42

 

A semana não foi de muito agito no mundo pop, então o conteúdo da coluna está bem diversificado. Trouxe novidade de Anitta (é claro), trailer super fofo do filme da Turma da Mônica e resenha do livro Para todos os garotos que já amei. Se tiverem dicas ou sugestões do que vocês gostariam de conteúdo nas próximas semanas, deixem nos comentários do Facebook!

 

Comecei com as rapidinhas da semana, a resenha do livro tá logo ali em baixo.

 

Anitta, Gloria Groove e o movimento LGBT+

Este mês de junho - que já está acabando - é o Mês do Orgulho LGBT+. Ontem, dia 28/06, foi o Dia do Orgulho LGBT+. Para quem estiver por fora, esta comemoração é uma luta de direitos, especialmente aqui no Brasil, onde o número de mortes LGBT+ é o maior do mundo. E estas mortes são apenas por ser LGBT+, não estão considerando mortes num geral.

 

Apesar disso, ainda é bom saber que temos artistas que apoiam estas causas e ajudam no combate ao preconceito. Ontem, Anitta lançou uma nova versão da sua música Show das Poderosas para celebrar a população LGBT. A nova versão tem parceria da drag queen Glória Groove e faz parte do projeto Warner Pride, criado pela Warner Music para celebrar o orgulho LGBT+. O projeto também ganhou Um Amor Puro, parceria entre Iza e Maria Gadú. 

 

 

Antes da resenha, um vídeo rapidinho

Saiu o primeiro teaser do filme live action da Turma da Mônica! É a primeira vez que vamos ver a turminha em carne e osso. Eu achei muito fofo e quero logo a estreia! 

 

 

Resenha: Para todos os garotos que já amei

 

Lembram que semana passada falei do filme Para todos os garotos que já amei, que estreia na Netflix em Agosto? Pois então, neste meio tempo eu acabei lendo o livro que inspirou o filme e, já que a semana não foi muito agitada, decidi fazer uma resenha rapidinha aqui para vocês. Depois que o filme estrear, ainda posso trazer uma comparação livro x filme, o que acham?

O livro é narrado pela personagem Lara Jean, uma adolescente americana, descendente de família coreana que vive com seu pai e duas irmãs. Assim como todo jovem-adulto, Lara tem suas paixonites e, para cada uma delas, ela escreve uma carta - onde fala de seus sentimentos e outros pensamentos sobre o rapaz em questão. Não bastasse escrevê-las, ela ainda colocava dentro de um envelope com o nome e endereço do destinatário. 

Óbvio que isso não seria uma boa ideia. Depois que Margot, sua irmã mais velha, se muda para o Reino Unido, Lara Jean fica sozinha e - pasmem - as cartas são enviadas. Aí que começa todo o rolo da história. Com o vazamento de algumas cartas, ela se vê desesperada, até porque um de seus amores é o ex-namorado da irmã.

Isso é o que dá todo o desenrolar da história, passando por um falso namoro, dilemas com os amigos e com a irmã... A narrativa é bem divertida e passamos por diversos momentos da cabeça de Lara Jean. O que me incomodou um pouco foi ter alguns "vãos" na história. Alguns capítulos começavam sem dizer o que aconteceu no meio tempo entre o capítulo anterior. Isso foi meio confuso.

Quero destacar aqui um ótimo motivo para vocês procurarem o livro: Kitty. Irmã mais nova da protagonista, ela tem diversas cenas muito engraçadas e que nos fazem pensar como é bom ser criança e dizer o que vem na cabeça, sem medo de ser julgado. Isso acaba sendo bem o contrário dos pensamentos de Lara Jean, que ficam só na cabeça dela por medo de como as pessoas poderão reagir.

É um desses livros de ensino médio ótimos para passar o tempo - e ótimo para ter na estante também. Quem gosta desse tipo de história, com certeza vai gostar. Quem gosta de filmes adolescentes, também. A adaptação da Netflix promete cair no gosto do público (teremos um novo A Barraca do Beijo?). O filme ainda não saiu, logo, a sequência não foi confirmada. Mas, com o final do primeiro livro, eu exijo desde já uma continuação.

Para todos os garotos que já amei, Jenny Han. Editora Intrínseca. Preço de capa: R$39,90

 

Últimas Leonardo Stürmer

Paginas: [1] 2 3 Próxima »
Administrativo/comercial
51 3046-6114 - Ramal: 200
Redação
51 3046-6114 - Ramal: 202

redacao@diariodeviamao.com.br

Vinicius Ferrari - repórter
Guilherme Klamt - repórter/imagens
Silvestre Silva Santos - editor/economia
Maiara Tierling - administrativo/comercial
Rosângela Ilha - diretora
Roberto Gomes - diretor
Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS