Segunda, 24 de SETEMBRO de 2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

universo pop

Um adeus ao Museu Nacional e um apelo ao futuro

Publicada em 06/09/2018 às 20h23| Atualizada em 12/09/2018 às 15h43

Aviso inicial: falta exatamente um  mês pras eleições.

 

Quando comecei a escrever a coluna, me dediquei a falar do universo pop, do que bombou na semana, o que tem de lançamentos na internet e no cinema. Tudo isso que eu falo é envolvendo a cultura. E, por vezes, esqueço que cultura é mais que isso, e que não é só o que faz sucesso que é para ser consumido.

Falo isso pensando no Museu Nacional, que pegou fogo na última semana. Um acervo com cerca de 20 milhões de itens, com relíquias da época do império brasileiro, do antigo Egito e muito mais que virou cinza. Foram esquecidos por muitas pessoas, foram escanteados pelo governo e acabaram, literal e tristemente, em chamas. Em parte, digo que tenho culpa nisso, já que meu espaço aqui nunca fala sobre exposições.

 

 

Incentivos à cultura: é hora disso mudar

 

Choca ao ocorrer uma tragédia dessas, não é mesmo? Mas eu pergunto: qual foi a última vez que você foi ao museu? Tem muito o que se pensar nisso. A forma como nós consumimos a arte é estranha e duvidosa. Não tem tantos incentivos na educação quando crescemos e, para muitas pessoas, não tem incentivo durante o resto da vida. Tá na hora disso mudar.

Acho que parte disso vem, primeiro, do fato que os museus são vistos como algo para a alta sociedade, que pessoas bem financeiramente e com bom gosto que são os consumidores. Ao contrário dese pensamento, a arte e os museus são feitos para todo mundo. Arte é para fazer refletir, pensar sobre a vida, pensar sobre o mundo, sobre a política, sobre tudo que for possível. Consumir arte é um aprendizado - e consumir arte muda diversas percepções da vida.

Outro fator que eu ponho culpa nisso é do governo. Se falta incentivo, é porque o governo não dá. Não temos um governo que incentive as visitas nos museus. Só olhar o Museu Nacional em chamas. A verba dele foi cortada, eles estavam fazendo arrecadação de dinheiro online (olha o absurdo!) para conseguir se sustentar. No fim, foi tudo abaixo, tudo em chamas. Muita indignação e lágrimas derramadas.

 

Cultura e política andam lado a lado

Onde eu quero chegar com esse texto hoje? Em dizer que política e cultura andam lado a lado. Política e cultura são dois pilares da sociedade que não podem ser quebrados, eles têm muito a sustentar.

Por isso, mais uma vez vou falar de política aqui. É ano de eleição e a política brasileira está cada dia mais perigosa para todos os brasileiros. E o que eu vou falar não é questão de direita ou esquerda, de partido, nem nada. É questão de como vamos encarar o futuro e como podemos mudar o futuro.

 

Estude seu voto e vote consciente

Lembram do vídeo de política que eu coloquei aqui uma vez? Se não lembra, clica aqui pra ler e assistir. Vale a pena começar assim. Segundo, já conheceram seus candidatos a fundo? Recomendo dois aplicativos para saber mais sobre eles: Meu Deputado e Detector de Ficha de Político. Baixem no celular, vejam os gastos dos políticos e vejam que processos eles estão respondendo. Procurem sobre os vices também. Ninguém vai querer um Temer assumindo de novo.

Muito está se falando sobre os candidatos à presidência e ao governo. Não esqueçam que esses são apenas dois (ainda tem que escolher Deputado Federal, Deputado Estadual e 2 Senadores). Pesquisem todos esses, vejam o que já fizeram atuando na política, se teve coisa boa ou se há um cheiro estranho no ar. Esses candidatos são os que vão dar a voz que muitas vezes não temos. Vote em quem tem chance de mudança, em quem acredita no que você acredita.

 

O que dizem os candidatos sobre cultura?

Quanto aos candidatos à presidência, já foi feita pesquisa sobre quem se importa com a cultura e com os museus do Brasil. Dos 13 registrados, apenas Marina Silva (Rede) e o PT se comprometeram com os museus. Dá pra ler mais sobre o assunto no site da Piauí. Além disso, queria dizer que chorar pelo museu e apoiar quem é contra a educação é hipocrisia. Procurem o nome dos candidatos à presidência aqui nesta reportagem sobre a PEC do Teto e vejam o que eles diziam sobre o congelamento de gastos com saúde e educação. Estude seu voto.

O vídeo abaixo é do canal Vivieuvi, destinado apenas a arte. No vídeo, ela leu trechos de alguns candidatos em relação a cultura. Assistam - e procurem outros vídeos dela, se apaixonem por arte.

 

 

Depois desta longa coluna, sem nenhuma novidade de Netflix ou música da Anitta, deixo aqui minha indignação quanto ao incêndio do museu, ao escanteamento da cultura no país e aos políticos que não se importam com a educação e história. Peço a todos que votem consciente, para que possamos rumar ao futuro e parar com regressão. Já destruíram parte da nossa história, resta construir uma nova pela frente.

Últimas Leonardo Stürmer

Paginas: [1] 2 3 Próxima »
Administrativo/comercial
51 3046-6114 - Ramal: 200
Redação
51 3046-6114 - Ramal: 202

redacao@diariodeviamao.com.br

Vinicius Ferrari - repórter
Guilherme Klamt - repórter/imagens
Silvestre Silva Santos - editor/economia
Maiara Tierling - administrativo/comercial
Rosângela Ilha - diretora
Roberto Gomes - diretor
Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS