Quarta-feira, 14 de NOVEMBRO de 2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

universo pop

Sabrina e Residência Hill: o que elas têm em comum?

Publicada em 01/11/2018 às 16h12| Atualizada em 07/11/2018 às 17h

Está sabendo das novas séries sombrias da Netflix? Pois é, eu maratonei as duas e posso dizer que vale a pena. Além disso, a Netflix divulgou o trailer da série documental da Anitta e tem clipe de música. Rola a página e confere aí!

Sabrina e Residência Hill: têm algo em comum?

Na última semana, me dediquei ao sobrenatural, aos espíritos e ao suspense e assisti O Mundo Sombrio de Sabrina e A Maldição da Residência Hill. E queria dizer: as séries tem tudo e nada a ver uma com a outra. Como assim? Vou explicar enquanto comento sobre cada uma delas.

Sabrina eu já falei aqui, eu estava super animado pra estreia e finalmente consegui ver tudo! A história, inspirada nos quadrinhos da Archie Comics, se passa no mesmo universo de Riverdale. Ao contrário da série antiga, essa é cheia de suspense, invocação, ressurreição... Nada de muito humor e sim muita coisa adolescente - que é totalmente a vibe da série.

Já a Residência Hill é para o público adulto e para quem curte um suspense-terror. Particularmente eu não quis assistir antes de dormir - mas, se tivesse assistido, não seria tão horrível. A série é sobre uma família que se mudou para uma "casa mal assombrada" nos anos 90 e mostra como os acontecimentos da casa afetaram o futuro de todos eles. Não é bem isso, mas não sei explicar sem dar spoiler. As cenas se passam mesclando presente e passado, com a trama se conectando aos poucos. Cada final de episódio a gente já clica pra começar o próximo!

Tá, mas o que Sabrina e Residência Hill tem a ver?

Então, como eu dizia: as duas são séries que envolvem espíritos, apesar de públicos diferentes. Certamente a Netflix deixou para lançar as duas em outubro devido ao Halloween da última quarta-feira (que é uma data importante em Sabrina, inclusive). 

Ficar intercalando os episódios das duas séries me deixou até um pouco confuso e eu pude notar algumas pequenas semelhanças. A primeira delas é quanto à casa funerária, afinal, as duas séries trabalham com isso. Em Residência Hill, é interessante e horrível ver como os corpos são preparados para os funerais, para que pareçam "estar vivos". Além disso, é claro, deu pra ver muita coisa envolvendo espíritos.

Ok, no fim elas não tem tanto em comum. As duas são séries sobrenaturais, mostram o lado oculto da nossa realidade. São diferentes entre si e cada uma tem a sua pegada. Enquanto Sabrina foi legal, mas não muito marcante - sem nada de "nossa, não esperava que isso acontecesse", Residência Hill me surpreendeu em todos os aspectos - talvez uma das séries que eu mais tenha gostado nos últimos tempos.


Vou estar em mais uma coletânea de livros!

Posso fazer autopropaganda aqui? Pode né, só um tópico: vou estar em mais uma coletânea de livros! Fui um dos selecionados da antologia de terror O Mal Nunca Morre, que será publicada pela Rico Editora. Não posso dar mais detalhes, mas com certeza volto aqui pra avisar quando tiver novidades.

O que está vindo na Netflix (spoiler: tem Anitta)

A Netflix fica quieta por um tempo e, do nada, chega anunciando tudo ao mesmo tempo! O primeiro anúncio é que a quarta temporada de Fuller House - spin off do seriado Três é Demais - estreia no dia 14 de dezembro. Já está quase aí! Segundo boatos na internet, a temporada deve ser a última. Ah, e já anunciaram: muita gente do elenco original deve aparecer. Será que dessa vez teremos as irmãs Olsen?

Além disso, lembra que esses tempos falei que a Anitta ia ganhar série documental na Netflix? Pois é, ganhou trailer oficial e data de estreia: dia 16 de novembro - daqui duas semanas. Pelo que dá para ver pelos vídeos, vai ter Anitta no palco, Anitta fora do palco, Anitta no projeto Check Mate... Em outras palavras, vai ter muita Anitta. Será que vamos poder conhecer um pouco mais sobre a cantora? Eu já estou adicionando na minha lista.

Clipes da semana

Não posso deixar de comentar sobre músicas que saíram nessa semana - ou clipes, no caso. O primeiro deles é do cantor Silva, que lançou o clipe da faixa Duas da Tarde. No vídeo, ele está junto de Ícaro Silva (e não, eles não são parentes até onde eu saiba). Ambientado na praia e no mar, o clipe só me deixou com vontade de ir pra esse lugar paradisíaco. 

Além dele, a cantora canadense Carly Rae Jepsen divulgou o single Party For One. A faixa já saiu com clipe e só sabemos isso até agora. Nada de anúncio de álbum novo nem nada. Mas, pelo visto, ela deve anunciar muitas novidades em breve.

Últimas Leonardo Stürmer

Paginas: [1] 2 3 Próxima »

Tainá Rios

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9306 0162
redacao@diariodeviamao.com.br

Vinicius Ferrari

Direção Geral e administrativo
51 9 9962 3023
vinicius@diariodeviamao.com.br

Vitor Zwozdiak

Departamento Comercial
comercial@diariodeviamao.com.br

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS