Domingo, 26 de MAIO de 2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

universo pop

Volta ao mundo em mais ou menos 7 livros

Publicada em 26/04/2019 às 10h08| Atualizada em 29/04/2019 às 10h17

Dia 23 de abril é comemorado o Dia Mundial do Livro! Ler é sempre bom, não importa o que você esteja lendo. Pode ser autoajuda, livro de youtuber ou até Harry Potter: lendo, você ativa seu cérebro, sua criatividade, imagina os personagens e cenários. Eu digo que livros afetam cada pessoa de uma forma - até porque a história vai se passar de um jeito para cada um. Ler é, sem dúvidas, maravilhoso!

Por isso - depois dessa introdução - decidi trazer uma Volta ao mundo em mais ou menos 7 livros. Como assim? Trouxe dicas de livros que se passam em diferentes lugares do mundo - ou são escritos por autores de diferentes lugares. Deixei o trailer da adaptação de alguns livros, mas, assim, me promete que vai procurar pra ler ao invés de só ver o filme? Confere aí!

PS: Estreou Vingadores: Ultimato, mas ainda não assistiu. E, se tu for assistir, diz o que tu achou - mas não dá spoiler! 

 

Brasil - todos do Raphael Montes

A nossa viagem vai começar saindo do Brasil. Primeiro, vale lembrar que a literatura brasileira é muito grande - e eu tive que escolher algumas dicas para dar aqui. Se vocês procurarem, pedirem dicas nas livrarias, com certeza vão encontrar autores dos mais diversos estilos e histórias do nosso próprio país que vão te surpreender.

Escolhi os livros do Raphael Montes por ele ser um dos meus autores favoritos. Sua escrita é envolvente e, por serem livros de suspense e terror, te prendem até que tu termine de ler. Os detalhes que ele dá te deixam até assustados. Indico principalmente os livros Suicidas Dias Perfeitos. E, se tu gostar, já pode encomendar Uma Mulher no Escuro, que vai ser lançado em junho desse ano. 


Alemanha - "A menina que roubava livros", Markus Zusak

Esse livro é lindo, tocante e conhecido - e eu não vou cansar de indicar ele. Na Alemanha nazista, a história de Liesel Meminger é narrada por ninguém mais, ninguém menos do que a Morte. Com todo o sofrimento da família por conta da Guerra, a menina encontrava prazer nos livros. Eu não vou falar mais para não dar spoiler, mas fica a dica para procurar. Essa história é uma das minhas favoritas.

 

 

França - "A volta ao mundo em 80 dias", Julio Verne

Fazendo jus ao título da coluna, vou indicar o clássico de Julio Verne, que nasceu na França. Lançado em 1873 (faz bastante tempo), o livro conta a história de Phileas Fogg e Passepartout, que se dedicam a fazer uma volta ao mundo em 80 dias. Hoje, com aviões, isso seria fácil. Na história, láaa antigamente, isso era bem diferente. Então você já pode imaginar que o livro tem bastante aventura.

 

Japão - Trilogia "1Q84", Haruki Murakami

Eu sou muito fã da obra mais recente de Haruki Murakami, um dos escritores japoneses mais reconhecidos atualmente. O título até pode lembrar o livro 1984, de George Orwell, mas é bem diferente. Dividido em 3 livros, a história tem capítulos intercalados contando a história de Aomame e Tengo - que estão, de certa forma, interligados. Confesso que essa trilogia me prendeu bastante e, desde que li, estou louco para ler de novo.

Para quem quiser adentrar na literatura japonesa, outra dica também é Após o anoitecer, também do Haruki. O livro é mais curto e rápido e vai mostrar a história de Mari Asai, que saiu de casa após a sua irmã, Eri, modelo de revistas, entrar em um sono profundo.

 

Irã - "Persépolis", Marjane Satrapi

Quadrinhos também são uma ótima - e impactante - forma de contar histórias. E Persépolis é um quadrinho que faz isso com maestria. Escrito por Marjane Satrapi, a história conta sobre a vida dela no Irã, quando começou a revolução e o regime xiita. Do dia para a noite, ela se viu obrigada a usar véu a sair na rua. Ela teve que mudar seus costumes e se adaptar ao novo governo. A história é incrível e mostra pra gente um outro lado sobre o Irã, sua cultura e seu povo.

 

 

  Índia - "Todas as cores do céu", Amita Trasi

Quando pensamos em Índia, pensamos em Taj Mahal, nos deuses, nas cores. A gente não pensa que, por exemplo, existem mulheres forçadas a ser prostitutas. Pois é, isso existe e é mostrado no livro Todas as cores do céu. Na história, o destino de duas meninas volta a se cruzar depois de anos, após uma delas ter sido sequestrada. A história é emocionante e mostra esse outro lado do ser humano que a gente ignora - mas existe. Vale muito a pena procurar esse livro e parar para pensar um pouco na vida.

 

Nigéria - "Meio sol amarelo", Chimamanda Adichie

Chimamanda, a autora desse livro, já disse uma vez que a gente só conhece parte das histórias, só conhece um lado do que é nos contado. Por isso, muitas vezes temos uma visão pejorativa da Nigéria - e da África. Em seus livros, ela procura, muitas vezes, mostrar o oposto disso. Ela destaca qualidades, a cultura, o seu povo e todas as vidas que lá habitam.

Meio Sol Amarelo é um livro dela que vou recomendar por aqui - apesar de que todos livros dela devem ser maravilhosos. Ele se passa em meio a guerra (então não vemos um lado tão bom assim do país). Mas a história com toda certeza vai envolver e, quem ler, vai terminar o livro tendo outra visão das coisas.

Vou terminar na África a minha volta ao mundo em livros. Se desse, acho que eu procurava um livro de cada país para indicar. Só não fiz isso para não ficar muito extenso - e porque eu não ia indicar nada sem ler. 

E lembrem-se: ler é sempre bom, ler é sempre válido. Ler é cultura, é desenvolver a mente, a criatividade. Leiam sempre, propaguem a leitura, vão em livrarias e bibliotecas! Os livros podem, sim, mudar o mundo.

Me contem o que acharam dessa coluna diferenciada! Nos vemos semana que vem!

Últimas Leonardo Stürmer

Tainá Rios

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9306 0162
redacao@diariodeviamao.com.br

Vinicius Ferrari

Direção Geral e administrativo
51 9 9962 3023
vinicius@diariodeviamao.com.br

Vitor Zwozdiak

Departamento Comercial
comercial@diariodeviamao.com.br

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS