Segunda, 16 de JULHO de 2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

Oi, filho

Todo pai gostaria de ter um controle remoto do tempo

Publicada em 02/05/2018 às 15h13| Atualizada em 03/05/2018 às 16h27

“Click” de 2006 foi um filme (bem meia boca) estrelado e produzido por Adam Sandler que contava a fascinante história de um arquiteto que descobre em um controle remoto universal, a chave para uma viagem no tempo-espaço, que permite o protagonista avançar e retroceder no tempo.

O Beni foi passear na casa do tio Airton, tia Ju e primo Rafinha no domingo e tenho que confessar que não é tão fácil assim passar a noite longe do nosso biscoitinho. Deitados na cama depois de jantar, começamos a reclamar da falta que o Beni faz em casa. E que falta! Um bebê enche a casa de risadas, choro, barulhos e de movimentações. Nem o Atum entendeu porque estava tudo tão quieto num domingo a noite. Deitado, antes de dormir, lembrei do filme do Adam Sandler e em como seria sensacional ter um controle remoto universal em mãos, capaz de fazer o tempo longe do Beni passar mais rápido.

Saudades do filho? Dois cliques no batão avançar cena e VOILÀ, estamos no dia em que Beni volta para casa.

Benício chorando em meio a madrugada? Avance aos poucos até o momento que ele cansa de chorar e volta a dormir.

Beni se machucou?  Sem problemas, você tem duas opções: ou volta a fita até pouco antes da criança se machucar e evita o acidente ou avança bastante, até o dia em que ele esteja completamente curado.

E quando o filho casar com uma mulher que não o ama, ter o poder de voltar a fita bastantão e evitar que eles se conheçam na adolescência. Ao invés disso você pode apresentar aquela filha do seu melhor amigo. Já pensou fazerem parte da mesma família???

Ter um controle remoto universal, capaz de mudar o passado e deixar o futuro mais legal seria o sonho encantado de qualquer pai protetor. Ter o poder de resolver questões, abreviar dores e desamores, deve ser algo incrível! Uma pena que a ciência ainda não chegou a este ponto (ou chegou e estamos vivendo um eterno remake, vai saber).

Uma das coisas mais desesperadoras de ser pai é justamente essa: não ter total controle sobre a vida do filho. Uma das coisas mais gostosas de ser pai também é justamente essa: descobrir, dia a dia, que seu filho é capaz de se virar sozinho e tomar suas próprias decisões.

A independência dos pais é natural e essencial para o crescimento sadio de nossos pequenos, mas não deixa de ser doloroso e preocupante para os pais. Talvez ter um controle remoto capaz de voltar e avançar no tempo não seja uma idéia tão boa assim, mas mesmo assim é um dos primeiros itens de desejo de qualquer pai.

 

PS: essa foto está demais!!!!!

 

Últimas Vinicius Ferrari

Paginas: [1] 2 Próxima »
Administrativo/comercial
51 3046-6114 - Ramal: 200
Redação
51 3046-6114 - Ramal: 202

redacao@diariodeviamao.com.br

Vinicius Ferrari - repórter
Guilherme Klamt - repórter/imagens
Silvestre Silva Santos - editor/economia
Maiara Tierling - administrativo/comercial
Rosângela Ilha - diretora
Roberto Gomes - diretor
Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS