Sabado, 24 de AGOSTO de 2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

coluna do prof. bruno

Foto: Arquivo pessoal

O sonho da minha mãe

Publicada em 02/08/2019 às 10h06| Atualizada em 05/08/2019 às 15h03

Olá, meus leitores. Tudo bem com vocês?

Hoje eu vim compartilhar com vocês, acredito eu, que um dos momentos mais incríveis da minha vida até aqui. Minha mãe, Rosana, sempre teve o sonho de conhecer o Rio de Janeiro. Quem não né?

Quando se fala de sonhos, são muitas coisas que se podem dizer, fazer e pensar... Eu, particularmente não penso levo muito além isso, apenas entendo que se teu sonho é extremamente licítio, como um viagem, é realmente aceitável para realizar. O que eu quero dizer com isso, é que sonhos podem ser ruins quando o desejo deles é por egos, como muitos (não todos) sonham em ter muito dinheiro. Eu gosto de sonho, e muitas vezes achamos que os nossos são bons e o certo, mas Deus sempre nos mostra o dele.
 

Galera, se seu sonho é verdadeiro, é lícitio, procure saber se ele é aceito e logo prossiga no caminho certo. Minha mãe tinha este sonho, como muitos, de ir no Cristo Rendetor, nas praias lindas do Rio de Janeiro.. Então, eu quis realizar esse sonho dela, graças a Deus, com meu trabalho que Deus me deu e que a vida toda desacreditaram. Acho que uma das grandes alegrias foi essa, porque sonhar é muitas vezes ir contra nossa própria famíia e eu fiz isso a vida inteira, ninguém imaginava o skate como uma profissão para mim, era coisa de marginal. Comecei por em prática então, comprei um pacote para levar minha mãe, junto minha prima, a espera de 1 mês e meio foi de muita ansiedade para este dia.

24/07 ás 5h da manhã, muita chuva e nós saindo de casa, ela com aquele medinho do avião e também pela chuva e frio de Porto Alegre. Chegamos bem, graças a Deus e aqui começa os melhores relatos da minha vida! Chegamos em Copacabana, eu fiz questão de colocar minha mãe num dos melhores hotel de Copacabana, 5 estrelas, na beira da praia, ela chegando ficou admirada.

Não pense que isso é ostentação, não é! Olhe para sua mãe, seu pai e todos aqueles que estão todos os dias do teu lado, esfregando os chãos, trazendo alimento para casa, eles não merecem dias de mordomia, o que nunca tiveram? Eu vivi isso e vivo hoje muito, estar viajando, hoteis top e sei que isso é sair totalmente da rotina, é algo que te faz bem. Você que viaja sabe né? Eles merecem, agora valeria é meu esforço para isso acontecer, pois já fizeram muito por mim.

Primeiro dia, cheio de emoções conhecendo a estatúa do Carlos Drummond de Andrade, aquele sorriso que mostrava um ''Descanso'' de toda canseira de dona de lar. Como diz meu mano Emicida ''Esqueci da senhora, limpando o chão desses boy''. Vamos logo para o Cristo, vamos então. Coloquei minha mãe e minha prima num carro particular e fomos conhecer o Cristo, e gente, sério!!!!!!!!! Eu poderia escrever milhões de coisas nesse texto, eu aprendi tantas coisas com essa viagem, minha mãe tava numa alegria sem explicação, eu nunca tinha visto ela tão bem assim, sorrindo, vivendo, olhar cheio de lágrima e o coração agradecido ao ponto de agradecer a Jesus por tudo isso. Eu ali era só uma mosquinha observando ela, cada detalhe. Desse momento eu só vou deixar uma frase: Fazer quem amamos feliz, nos faz feliz. Fazer quem amamos descansar, descansamos. O que fizemos para quem amamos, fizemos a nós mesmo. Tudo o que ela sentia, eu sentia por ela!!!
 

Vou terminar nesse último parágrafo resumindo os outros 3 dias;

No dia seguinte, fomos em Arraial do Cabo que era outro sonho dela. Minha linda, andou de barco, conheceu as praias mais lindas do Brasil e uma considerada a mais limpa e bonita do mundo. Mergulhamos com os peixes, uma alegria sem fim. Depois fomos conhecer o maior aquário da América Latina, e aqui eu mesmo fiquei sem palavras. O lugar é maravilhoso, só ouvia minha mãe dizer: Bruno, tira foto aqui, aqui, não ali, rápido. Ela estava parecendo uma criança, quando descobre algo novo, que lhe encanta. Fomos no Bondinho, pão de acuçar, venceu todos seus medos, seus obstáculos pessoais, saiu sorrindo de todos! Tudo isso, eu ficava pensando em muitas coisas, e podia aprender muito e quero dizer para vocês: Vamos trocar a palavra sonho por felicidade. Eu levei felicidade (momentania) para minha mãe, realizei a felicidade dela por alguns dias. Mas e agora, voltou a velha rotina, o que fica? Lembre-se sempre disso, cada atitude, cada palavra nunca volta sozinha. Ficou para sempre dentro dela o que viveu, novas experiências que levará para a vida, gratidão a Deus por viver isso e saber que existe sempre um caminho bom. Ela voltou outra pessoa!
 

Queria dizer para vocês, façam de tudo pela sua família, sonhos não são distantes assim, faça o que está perto de você. Hoje, foi fácil realizar o sonho da minha mãe ao RIO, de levar ela nas lojas e ela comprar tudo o que queria, sem pensar como vou pagar. HOJE, HOJE!! O que eu vivi para chegar aqui, poucos sabem e NINGUÉM acreditava, nem mesmo minha mãe.  Baixe a cabeça, trabalhe, seja verdadeiro e comece pelo básico, com um telefonema, um Te amo, isso já é um sonho.

Eu me sinto estranho, pois sei que eu aprendi tantas coisas com essa viagem e eu teria milhões de coisas para acrescentar aqui, mas eu espero que você sinta isso em você. Lembre-se: Uma atitude sua muda a realidade de sua família, seja para boa ou ruim''

Deus abençõe, galera!!!!

Últimas Prof. Bruno

Tainá Rios

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9306 0162
redacao@diariodeviamao.com.br

Vinicius Ferrari

Direção Geral e administrativo
51 9 9962 3023
vinicius@diariodeviamao.com.br

Vitor Zwozdiak

Departamento Comercial
comercial@diariodeviamao.com.br

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS