Sabado, 16 de DEZEMBRO de 2017

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

consciência negra

Semana repleta de atividades em alusão ao 20/11

por Assessoria | Publicada em 17/11/2017 às 10h05| Atualizada em 22/11/2017 às 08h46

Expandir a cultura negra por todo o município é o objetivo da Semana da Consciência Negra em Viamão. Na útima terça-feira, 14, a abertura oficial da semana reuiniu autoridades no Calçadão Tapir Rocha, no centro.

Os secretários de saúde, assistência social e cultura usam o espaço para falar sobre preconceito racial, desigualdade e sobre a necessidade de valorizar e reconhecer a importância da cultura negra, não somente na semana do evento, mas todos os dias.  No ato estavam presentes representantes do movimento negro em Viamão, assim como organizadores do evento, autoridades do governo e comunidade.

Quem acompanhou o evento teve a oportunidade de acompanhar a apresentação da cantora Negra Jaque, de degustar e aprender sobre o acarajé, de participar de oficina de turbante e sarau poético, oficinas de artesanato, e de assistir grupo de pagode, e capoeira.

A criação de uma semana alusiva à consciência negra é uma forma de lembrar a importância e valorizar um povo que contribuiu para o desenvolvimento da construção do Brasil.

A Câmara Municipal de Viamão criou um vídeo para falar da programação da semana, além do convite para a Sessão Especial sobre o tema que vai acontecer na próxima segunda-feira, 20.

 

 

 

Semana da Consciência Negra mobiliza a reflexão dos estudantes do Graças

 

O Colégio Maristas Graças realizou no inicio do mês uma série de atividades em alusão a semana da consciência negra. Os alunos do 3° ano do Ensino Médio realizaram uma apresentação de teatro, chamada Cultura Negra, para simbolizar a discriminação racial existente na atualidade. A intenção do projeto foi mostrar aos mais novos que o preconceito ainda está presente, mas que podemos, juntos, combatê-lo. 

Para os estudantes que apresentaram o teatro Luka Valenzuela, Karine Giodani, Myrian Golzer, Tainá Rocha, Mariana Linhares e Leonardo Fraga, essa foi a forma de mostrar que as pessoas precisam mudar o seu pensamento. "Acho que essa peça vai além do acadêmico, a gente não fez pela nota e sim pelo fato de conscientizar a sociedade e mudar os problemas do racismo. Esse teatro foi uma forma de retribuir o carinho e aprendizado que recebemos dos professores em todos esses anos aqui na escola.”

Em seguida, a palestrante e contadora de histórias Silvana Mariano realizou uma bate-papo com os estudantes e narrou o conto “OBAX”, de André Neves.  Além da conversa, ela fez uma atividade: convidou que ficassem alguns minutos em pé para ouvir o poema “navio negreiro”. O objetivo da tarefa foi mostrar como os escravos sofriam naquela época por ficar tanto tempo em pé.

O 1° ano do ensino médio também apresentou uma peça que contou a história da África. Após a atividade, o Coletivo de Mulheres Negras de Viamão fez um bate-papo com os jovens. A intenção foi conversar com os estudantes sobre a inclusão do negro na sociedade e explicar o porquê é importante debater esse tema com os mais novos.

No 3° dia de evento, 8 de novembro, a professora e doutoranda Cristina Bahia comandou a palestra “De Zumbi a Oliveira Silveira: a participação negra na construção da identidade brasileira”. Para encerrar as atividades, os estudantes do 3° ano do ensino médio que apresentaram o teatro na abertura repetiram a apresentação.

 

 

 

 

Administrativo/comercial
51 3046-6114 - Ramal: 200
Redação
51 3046-6114 - Ramal: 202

redacao@diariodeviamao.com.br

Vinicius Ferrari - repórter
Guilherme Klamt - repórter/imagens
Silvestre Silva Santos - editor/economia
Maiara Tierling - administrativo/comercial
Rosângela Ilha - diretora
Roberto Gomes - diretor
Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS