Sabado, 16 de DEZEMBRO de 2017

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

Força das águas

Foto de menino viamonense sentando na pia da cozinha fugindo das águas viralizou no Facebook.

Em 5h Viamão recebe toda a chuva de dezembro

por Vinicius Ferrari | Publicada em 07/12/2017 às 12h34| Atualizada em 11/12/2017 às 09h32

Depois de uma quarta-feira ensolarada com tempo firme e temperaturas elevadas, Viamão amanheceu abaixo d’água nesta quinta-feira. Durante a madrugada um forte temporal atingiu todas as regiões da cidade, com chuva de granizo, ventania e um volume elevado de água. Segundo dados da Prefeitura Municipal de Viamão choveu 100 mm em 5h o que é esperado historicamente para todo o mês de dezembro.

Pelo Facebook sobram relatos de pessoas que tiveram casas alagadas, ruas embaixo d’água e lentidão no trânsito por toda a cidade. A foto que ilustra a matéria foi postada pela Gessica Bernasquin em um grupo da cidade no Facebook. Gessica contou na postagem que a irmã perdeu tudo por conta das fortes chuvas da madrugada.

 

 

Estalagem, Vila Augusta, Gaúcha, São Lucas, Santo Onofre e Jardim Universitário foram os bairros mais afetados pelo temporal. Na Santa Isabel o transbordamento do Arroio Feijó, que limita os municípios de Viamão e Porto Alegre, agravou a situação dos moradores.

A prefeitura divulgou uma nota em que diz que por conta dos atendimentos ainda não é capaz de calcular o tamanho do estrago, mas que trabalha desde as 5:30h da madrugada desta quinta-feira, juntamente com a defesa civil para socorrer as famílias. Quem está desalojado ou desabrigado deve procurar a escola municipal mais próxima para receber orientações e acolhimento. Doações podem ser encaminhados para o Cras mais próximo.

 

Confira a nota da prefeitura na íntegra

Desde às 5h30, logo após o início da chuva torrencial que durou cerca de uma hora, avassalando com ruas, arroios, córregos e invadindo residências, a equipe da Defesa Civil e funcionários das secretarias municipais de Obras e Serviços Públicos (Smosp) e Cidadania e Assistência Social (SMCAS) estão nas regiões mais afetadas contabilizando os estragos e acolhendo as famílias mais prejudicadas. As regiões mais afetadas foram Estalagem, Augustas, Gaúcha, São Lucas, Santo Onofre e Jardim Universitário. As famílias que estão desabrigadas ou desalojadas e precisam de ajuda podem procurar a escola municipal mais próxima para receber acolhimento.

As unidades básicas de Saúde Augusta Marina e Augusta Meneguine encontram-se fechadas em virtude do alagamento da região. Uma estratégia de reforço para atendimento aos moradores das Augustas e de outras regiões foi montada nas unidades de saúde Cecília e Monte Alegre.

Os pedidos de serviços podem ser feitos através do canal "Fala Cidadão" telefone 156 (desde que a ligação seja feita de Viamão) ou (51) 3492-7672 e (51) 3492-7600; diretamente no Setor da Prefeitura, na praça Júlio de Castilhos, s/nº, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h e 13h30 às 17h; através do e-mail falacidadao@viamao.rs.gov.br e falacidadao156@gmail.com; por mensagem inbox na página do Fala Cidadão no Facebook (www.facebook.com/falacidadaoviamao/) ; no Chat do Site da Prefeitura (www.viamao.rs.gov.br), desde que seja informado seu CPF, telefone e endereço completos, bem como, descrevendo o fato a ser protocolado.

Muitas famílias perderam todos os seus pertences e ainda estão necessitando, com urgência, de doação de colchões, alimentos, roupas de todos os tamanhos (adulto e infantil) e fraldas descartáveis. Quem quiser ajudar as famílias atingidas, pode levar roupas e alimentos nos Cras das regiões. Já os colchões podem ser levados para a Fábrica da Cidadania, na ERS 040, parada 36, atrás da UPA.

 

 

 

Administrativo/comercial
51 3046-6114 - Ramal: 200
Redação
51 3046-6114 - Ramal: 202

redacao@diariodeviamao.com.br

Vinicius Ferrari - repórter
Guilherme Klamt - repórter/imagens
Silvestre Silva Santos - editor/economia
Maiara Tierling - administrativo/comercial
Rosângela Ilha - diretora
Roberto Gomes - diretor
Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS