Sexta-feira, 20 de SETEMBRO de 2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

solidariedade

Viamão recebe 39 refugiados venezuelanos

por Vinicius Ferrari | Publicada em 19/12/2018 às 10h32| Atualizada em 30/12/2018 às 12h34

Qual foi a última vez que você precisou de ajuda? Seja financeira para pagar um boleto vencido, ou até mesmo coisas mais simples como uma carona para o trabalho ou uma roupa emprestada para uma festa? E se você precisasse de ajuda para absolutamente tudo, para morar, para tomar banho, se alimentar e até procurar um emprego? E se tivesse que fazer tudo isso em um país diferente do seu? 39 vizinhos venezuelanos chegaram na última terça-feira a Viamão para recomeçar suas vidas.

 

O mais bonito nesta história de acolhimento, há poucos dias do Natal onde os cristãos celebram o nascimento de Jesus Cristo e a maior parte das religiões pregam o amor ao próximo, o tal espírito natalino, é que justo Viamão que tem pouquíssimas indústrias, e portanto pouquíssimos empregos, dá abrigo para quem não tem, literalmente, nada.

 

Dois ônibus trouxeram a comitiva da prefeitura de Viamão, junto com os venezuelanos, que estavam desde abril deste ano em Boa Vista, capital do estado de Roraima. A cidade tem recebido grandes grupos de venezuelanos que tentam fugir do regime totalitário de Nicolás Maduro, que levou a economia do país a bancarrota. Escoltados por batedores da Brigada Militar e por militares das forças armadas os novos viamonenses foram recebidos com aplausos na Vila Marista, um complexo de alojamentos localizado ao lado do Maristas Graças, na Querência.

 

Os irmãos Maristas foram tocados pela história daqueles que não tem nada, e possuídos pelo verdadeiro espírito de São Marcelino Champagnat, fundador da congregação e personificação da caridade e trabalho pelo próximo, decidiram recebê-los nestes primeiros meses de vida viamonense. Secretarias da Educação, Saúde e Assistência Social são os braços da prefeitura que, em cada uma das áreas, darão o suporte necessário para a inserção adequada destas pessoas em nossa comunidade. A Secretaria de Desenvolvimento econômico será a responsável por encaminhar aqueles que estão aptos ao mercado de trabalho, pois essa é a vontade de 12, a cada 10 refugiado que entra no país.

 

Emocionado, o prefeito André Pacheco, que foi até o aeroporto recepciona-los logo no desembarque do avião da Força Aérea, deu boas vindas aos novos munícipes.

 

  • Que vocês encontrem neste município tão grande e com tanta capacidade de desenvolvimento uma forma de recomeçar suas vidas - disse o chefe do executivo, depois de agradecer todas as secretarias envolvidas.


 

Ao final da cerimônia de acolhida, os venezuelanos foram encaminhados para o jantar, e logo depois, para conhecer as acomodações da casa dos Irmãos Maristas, que a partir de agora, também será a casa deles.

Tainá Rios

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9306 0162
redacao@diariodeviamao.com.br

Vinicius Ferrari

Direção Geral e administrativo
51 9 9962 3023
vinicius@diariodeviamao.com.br

Vitor Zwozdiak

Departamento Comercial
comercial@diariodeviamao.com.br

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS