Domingo, 21 de ABRIL de 2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

solidariedade

A fé se constrói com solidariedade

por Tainá Rios | Publicada em 24/12/2018 às 16h30| Atualizada em 30/12/2018 às 12h04

“Andar onde Jesus andou,
Servir como Jesus mandou,
Amar como Jesus amou”.

Esse trecho citado acima pode parecer comum a algumas pessoas, ele faz parte de uma música muito cantada em cultos e festas religiosas. Mas para os jovens do Colégio Adventista de Viamão essa frase é o objetivo principal da Agência de Missão, que tem como lema “Somos o amor”. Os alunos e funcionários voluntários, acima de 16 anos, são preparados para exercerem o cargo de missionários e levar amor, esperança, ajuda espiritual e financeira aos necessitados.

Neste ano, a escola organizou, ao total, 30 missões e a mais especial delas atravessou as fronteiras do nosso país: os jovens missionários desembarcaram no Paraguai. Mais precisamente na cidade de Remansito, ao lado de Asunción. A Missão Paraguai, como foi nomeada, ocorreu entre os dias 1° a 10 de dezembro, e levou 15 alunos, 2 professores e a diretora Marilane Barcelos com o objetivo de reformar uma igreja, arrumar as escolinhas, fazer visitas, feira de saúde e as atividades da Escola Cristã de Férias com as crianças paraguaias.

- Uma das missões foi construir uma casa a uma família que estava com sua casa em péssimo estado, com problemas sérios de goteiras, instalação elétrica e rachaduras – afirmou a diretora do Colégio Adventista de Viamão, Marilane Barcelos.

Toda a equipe ficou hospedada em alojamentos da própria igreja de Remansito, na qual fizeram a reforma. O grupo ajudou a lixar e pintar parede, colocar rejunte, lavar janelas, varrer o chão e limpar o jardim. Para a diretora, foram momentos de muitas emoções.

- Ao compartilharmos o amor, o carinho e muitos abraços, recebemos de volta a resposta de como isso mudou e melhorou a vida de cada um deles, pois aprenderam a ser mais amorosos e unidos para trabalhar – relata Marilane Barcelos.

O acolhimento estrangeiro

Ao chegar a um novo país, nos deparamos com a dificuldade da língua estrangeira e das diferenças culturais. Ao chegar às terras do Paraguai, os alunos e as professoras perceberam um povo mais fechado e tímido ao receber abraços e carinhos. Segundo Marilane Barcelos, a comunidade foi envolvida no amor por meio das músicas, dos almoços e das visitas dos alunos.

- Todos os alunos que participam de missões voltam com sua vida transformada, pois percebem que possuem muito mais que muitas pessoas. Aprendem que é dando amor que se recebe amor, é com ações como essas que alcançamos a felicidade, pois não têm preço tudo que aprendemos e as  amizades que formamos. Muitos adolescentes e jovens hoje se encontram em depressão porque não aprenderam amar e compartilhar o amor. O amor transforma! Quando semeamos o bem também colhemos o bem! - relata a diretora Marilane.

Confira no vídeo o relato de três alunos participantes da Missão Paraguai, organizada pelo Colégio Adventista de Viamão:
 



Tainá Rios

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9306 0162
redacao@diariodeviamao.com.br

Vinicius Ferrari

Direção Geral e administrativo
51 9 9962 3023
vinicius@diariodeviamao.com.br

Vitor Zwozdiak

Departamento Comercial
comercial@diariodeviamao.com.br

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS