Domingo, 17 de DEZEMBRO de 2017

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

lixo

Gigante dos aterros leva políticos de Glorinha a Curitiba

por Rafael Martinelli | Publicada em 31/08/2017 às 10h30| Atualizada em 04/09/2017 às 11h12

Prefeito, vice e uma comitiva de oito dos nove vereadores de Glorinha embarcam nesta quinta para Curitiba para conhecer a Estre Ambiental, que teria proposto à Prefeitura a instalação de um aterro sanitário no município a 36 quilômetros de Gravataí.

O negócio é mantido em sigilo, tanto pelo governo quanto pela gigante apresentada como a maior empresa de gestão de resíduos no Brasil e América Latina.

– Não posso falar nada ainda – despistou pouco depois do meio dia o prefeito Darci Lima da Rosa (PSD), que hoje gasta quase meio milhão de reais por ano para enviar o lixo dos 7,5 mil habitantes para Novo Hamburgo.

Na Estre, contatos apenas com uma assessoria de comunicação terceirizada, que ainda não respondeu ao pedido de informações relativas ao projeto em Glorinha e sobre detalhes da viagem – toda bancada pela empresa.

Mas, pelo que o Seguinte:* apurou, a Estre já teria comprado áreas que totalizam 230 hectares na região da Vila Nova, a seis quilômetros do Centro de Glorinha. O aterro sanitário poderia receber resíduos de municípios em um raio de 150 quilômetros. O investimento ainda é um mistério, mas o empreendimento geraria cerca de 250 empregos.

O modelo de Glorinha seria semelhante ao município metropolitano de Fazenda Rio Grande, onde os políticos serão levados, a 29 quilômetros da Capital paranaense. No Google e YouTube, pesquisando por Estre + Fazenda Rio Grande, há reportagens, fotos e vídeos da central de resíduos que recebe o lixo de quase toda Grande Curitiba.

 

Por US$ 1,1 bilhão na Nasdaq

Conforme o Valor, principal jornal de economia do país, há seis dias a Estre, que tem como principal acionista o banco BTG Pactual, associou-se aos norte-americanos da Boulevard Acquisition Corp., veículo de investimento do Grupo Avenue Capital. Como resultado, se tornou empresa de capital aberto com ações listadas na Nasdaq e um valor de mercado inicial de US$ 1,1 bilhão.

O homem que diz não

Oscar Weber Berlitz (PMDB), único vereador que não integra a comitiva, é crítico à viagem e ao projeto.

– Já ouviu aquela: quando a esmola é demais até o santo desconfia? A central de tratamento que será mostrada tem dois anos. Por que não conhecer as unidades mais antigas, como a de São Paulo?

Para o parlamentar do Maracanã, o aterro sanitário comprometerá uma das principais características do município:

– Todos conhecem Glorinha como o paraíso entre a Capital, a Serra e o Litoral. Mil caminhões de lixo por dia estragarão esse cartão-postal.

 

Biga prefeito

Entre o embarque às 5h40 de quinta e o retorno às 12h de sexta, quem fica no comando da Prefeitura é o procurador-geral Marcius Terres, o Biga.

 

QUEM VIAJA

Além do prefeito Darci Lima da Rosa (PSD) e do vice, Jean Medinger (PSD), vão ao Paraná os vereadores Ademar Oliveira (PDT), Erico Homero Scherer (PRB), Everaldo Dias Raupp (PMDB), Geani Maria dos Santos Duarte (PMDB), João Carlos Soares (PP), José Flávio Ckless Soares (PP), Rafael Schonardie Schmidt (PMDB) e Silvia de Oliveira Eccel (PSD).

 

*Seguinte: é o portal parceiro do Diário de Viamão. 

Administrativo/comercial
51 3046-6114 - Ramal: 200
Redação
51 3046-6114 - Ramal: 202

redacao@diariodeviamao.com.br

Vinicius Ferrari - repórter
Guilherme Klamt - repórter/imagens
Silvestre Silva Santos - editor/economia
Maiara Tierling - administrativo/comercial
Rosângela Ilha - diretora
Roberto Gomes - diretor
Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS