Quarta-feira, 19 de JUNHO de 2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

o melhor de viamão

Taekwondo como motivador de crianças e adultos

por Texto: Tainá Rios - Imagens: Vinicius Ferrari | Publicada em 05/04/2019 às 00h16| Atualizada em 07/04/2019 às 22h03

- Deixa ele aí, se ele aprender tá tudo certo. Se não aprender volta ano que vem. Ele ainda é muito pequenininho -, afirmou o primeiro instrutor de taekwondo de Anderson Mendonça a sua mãe. Na época, o atual instrutor tinha seis anos e iniciava um esporte a pedido da família.

Depois de quase 25 anos, o pequeno menino virou instrutor em artes marciais e hoje incentiva meninos, meninos, homens e mulheres a praticaram esse exercício. Durante as aulas na ATA Martial Arts Viamão, a disciplina, a superação e o comprometimento são características básicas para qualquer praticante de taekwondo. Para a filosofia oriental, quando se aprende uma arte marcial também se aprende a mudar o mundo ao seu redor.

Para Silvana Sangurgo, mãe do aluno Gabriel de 10 anos, a experiência com a ATA Viamão foi primordial. O filho tem Síndrome de Down, mas ali nada o impede de executar os passos comandados pelo Mestre Mendonça.

- É feito um trabalho bem amplo que aborda a questão motora, o comprometimento e os valores. Também ajuda muito na contração, há combinações em casa que o professor reforça durante as aulas – conta Silvana que encontrou a escola por indicação da irmã.

O pequeno Gabriel tem até um ídolo: o professor Matheus Rocha, de Caxias do Sul, que é campeão mundial de taekwondo e diagnosticado com Síndrome de Down. Para Anderson, cada aula é um desafio e um prazer ver a evolução do aluno.



Colocar a energia para fora foi o motivo que levou a mãe Lisiane Spíndola a procura a escola de artes marciais.

- Ela escolheu o taekwondo e me trouxe junto. É muito bom aqui, todo mundo deveria fazer algum tipo de exercício e isso aqui é uma família mesmo – afirma.

Outra mãe satisfeita com as aulas é Mariane Lucas. Segundo ela, a filha melhorou muito após as práticas da arte marcial, pois aprendeu a ter disciplina. O resultado foi tão bom que agora mãe e filha participam juntas das atividades. Mariane está há oito meses na ATA Viamão e se sente mais fortalecida e segura ao andar na rua.

Uma arte para a levantar a autoestima
As turmas são divididas por idades e a diversidade entre os alunos é muito grande: partido de alunos com 3 anos até avós de 64. Para as crianças de 3 a 6 anos é destinada a categoria Tiger, que ensina parte da filosofia de participação e de motivação de cada aluno. Na turma infantil estão as meninas e os meninos de 7 a 12 anos e acima disse, já pode ser considerado adulto. Todas as categorias participam de campeonatos regionais.

A aluna Luana Spíndola, de 14 anos, afirma que a prática ajuda muito na coordenação motora, a diminuir a raiva, o estresse e a aumentar a autoestima. A Nicole, também de 14 anos, acredita que o condicionamento físico dos alunos também muda com as aulas.

Não é só de medalha que se faz um atleta

O torneio gaúcho de Porto Alegre, que ocorreu no mês de setembro do ano passado, foi muito marcante para o professor e os alunos da ATA Viamão, pois cada um deles voltou para casa com uma medalha de 1° e 2¹ lugar no pescoço. Segundo Anderson, o município viamonense levou cerca de 20 competidores para concorrer na capital.

- Eu digo pra eles: não é pra mim que vocês estão treinando, eles treinam para eles. É para qualidade de vida deles, para melhorar o comportamento deles. A competição é mais que um caráter motivacional para os alunos – enfatiza.

Apesar das competições, classificações e medalhas, nenhum desses itens da lista deixa o Instrutor Mendonça mais emocionado que participar das etapas de graduação dos alunos. Confira no vídeo a emoção do professor ao explicar como ocorrem as graduações da ATA Viamão:



Tainá Rios

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9306 0162
redacao@diariodeviamao.com.br

Vinicius Ferrari

Direção Geral e administrativo
51 9 9962 3023
vinicius@diariodeviamao.com.br

Vitor Zwozdiak

Departamento Comercial
comercial@diariodeviamao.com.br

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS