Quarta-feira, 21 de AGOSTO de 2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

tudão do Diário

Guto e Bonatto são os únicos políticos de Viamão nos programas partidários de TV

Bonatto e Guto tem algo em comum

por Rodrigo Becker | Publicada em 17/07/2017 às 21h44| Atualizada em 21/07/2017 às 10h27

Não, você não viu errado o título deste comentário no Tudão: Bonatto e Guto, cada um no seu quadrado, têm algo em comum

 

E como informação a gente não engravida, conto logo: o que Valdir Bonatto (PSDB) e Guto Lopes (PSol) têm em comum é a "carinha na TV". Eles são os únicos convidados por seus partidos para estrelar a propaganda partidária gratuita.

Bonatto brilhou no início do mês -- e não é exagero dizer, brilhou mesmo. Foi protagonista dos minutos que os tucanos tiveram na televisão dos gaúchos. A participação de Bonatto no programa do PSDB só é surpresa para quem anda desligado do que rola por trás dos panos da política: o ex-prefeito se tornou, hoje, o segundo na linha de comando do tucanato, atrás só do ainda presidente estadual, Nelson Marchezan Jr.

As conversas de que Bonatto pode até concorrer a governador pelo partido surgiram exatamente por conta de sua exposição na telinha no início de julho.  E gerou um comentário aqui no Tudão.

LEIA TAMBÉM

AS ESPECULAS DO TUDÃO | Bonatto governador

 

O preferido ainda é Eduardo Leite, ex-prefeito de Pelotas. Mas ele parece dar sinais confusos a respeito da empreitada: às vezes, demonstra mais interesse em uma eleição dada como certa para Câmara dos Deputados do que em uma aventura em busca do Piratini.

 

O PSol e a construção de quadros

 

Na outra extrema da corda, Guto Lopes acena para o holofote das esquerdas num momento de carência de caras novas. Desde a derrocada do PT em todo o circuito ao redor de Porto Alegre, que nomes surgiram como novidades no campo popular? Para o PSol, é meio isso mesmo: hora de renovar.

Vendo de pertinho os quase 20 anos em que o PT viveu uma disputa nem sempre muito fraterna entre Olívio Dutra e Tarso Genro, sempre cansativa para o eleitor, o PSol teme esfolar a popularidade de suas lideranças no desgaste que o tempo provoca. Luciana Genro estará sempre um degrau acima -- mas se não houver solidez logo abaixo, nem ela resiste.

É nesse quadro que Guto aparece na TV no programa do PSol gaúcho no final desta semana, enquanto ainda curte Bento, o filho recém nascido.

Diferente de Bonatto, Guto não é a ficha da vez para disputar um cargo como o de governador. Mas calharia ao PSol se quisesse correr a região por votos para Assembleia -- ele e Romer Guex, provável candidato ao Senado.

LEIA TAMBÉM

Romer e os desapontados da eleição

 

 

Tainá Rios

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9306 0162
redacao@diariodeviamao.com.br

Vinicius Ferrari

Direção Geral e administrativo
51 9 9962 3023
vinicius@diariodeviamao.com.br

Vitor Zwozdiak

Departamento Comercial
comercial@diariodeviamao.com.br

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS