Segunda, 15 de OUTUBRO de 2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

delegado confirma

Delegado da 2DP Rafael Sobreiro (D) e delegado regional metropolitano Henrique Braga Wendt acompanharam pesagem da droga

Vereador será investigado no caso da meia tonelada de maconha

por Rafael Martinelli | Publicada em 15/08/2018 às 10h13| Atualizada em 20/08/2018 às 14h37

A polícia civil de Gravataí vai investigar a relação do vereador Mário Peres (PSDB) com mais de meia tonelada de maconha apreendida em um imóvel da Vila Rica, que em entrevista exclusiva ao Seguinte: confirmou ser de sua propriedade, mas estaria alugado para um vizinho.

O delegado Rafael Sobreiro, que comandou a operação em que a 2ª DP apreendeu a droga avaliada em mais de um milhão de reais, além de galos de rinhas, também flagrou ligações clandestinas de luz e um poço artesiano no terreno onde, junto ao pavilhão, fica a casa e outros imóveis supostamente alugados pelo vereador.

O delegado desmentiu a entrevista em que Mário Peres disse ao Seguinte: já ter sido excluído da investigação. Um advogado se apresentou como representante do vereador minutos após os policiais chegarem ao local, mas não foi ouvido formalmente por Sobreiro.

– Nunca falei com o vereador. Não sei nem quem é. Apenas disse ao advogado que no momento apropriado os envolvidos na investigação seriam ouvidos. Se é proprietário do imóvel como ele próprio afirmou na entrevista ao site, será investigado – disse Sobreiro, após entrevista coletiva na tarde desta terça, na 2ª DP, acompanhado do delegado regional metropolitano Henrique Braga Wendt.

 

 

Os policiais investigam se o pavilhão era um centro de distribuição de maconha para toda região metropolitana. Ainda não há uma confirmação oficial, mas os mais de 30 tabletes eram identificados com um adesivo relacionado a uma facção associada a um conhecido traficante da Morada do Vale.

A droga estava em um caminhão, apreendido junto a outros quatro veículos clonados.

O vereador, que nega qualquer relação com o tráfico, será intimado a depor assim que a equipe de investigação receber evidências e digitais colhidas pela perícia, que passou a madrugada no local.

Os nove galos de rinha – alguns bastante machucados – foram entregues à fundação de meio ambiente de Gravataí.

É a maior apreensão da droga feita neste ano pela polícia civil gaúcha.

 

Siga o vídeo que o Seguinte:, site parceiro do Diário preparou, com imagens também do Repórter Ninja, que mostram a operação da segunda à noite, a pesagem da droga e a entrevista coletiva do delegado na tarde desta terça

 

LEIA TAMBÉM

Vereador de Gravataí diz que alugava prédio da meia tonelada de maconha

 

 
Diário de Viamão - O Grupo
Grupo do Facebook · 2.170 membros
Participar do grupo
Grupo apartidário dedicado à divulgação de notícias, opiniões, serviços, brikão e tudo o que você quiser compartilhar sobre Viamão e região.
 


Tainá Rios

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9306 0162
redacao@diariodeviamao.com.br

Vinicius Ferrari

Direção Geral e administrativo
51 9 9962 3023
vinicius@diariodeviamao.com.br

Vitor Zwozdiak

Departamento Comercial
comercial@diariodeviamao.com.br

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS