Quarta-feira, 14 de NOVEMBRO de 2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

poder

Viamão no centro da candidatura de Eduardo Leite

por Vinicius Ferrari e Tainá Rios | Publicada em 23/10/2018 às 21h01| Atualizada em 05/11/2018 às 12h56

Quem passou pelo centro de Viamão no finalzinho da manhã desta terça-feira, deu de cara com uma meia carreata/meia passeata com o candidato ao governo gaúcho, Eduardo Leite (PSDB).

No alto do trio elétrico, o ex-prefeito de Pelotas perambulou pelas ruas viamonenses acompanhado dos grandes figurões tucanos do município: o prefeito André Pacheco e os candidatos a deputado estadual, Geraldinho , oitavo mais votado no partido e federal engenheiro Nilton, quinto melhor colocado no primeiro turno e no chão um mar de bandeiras azuis e amarelas tremulavam na frente do carro de som. Por si só estes três já demonstram o quanto Viamão é importante para a candidatura tucana, que tem mais um integrante de peso, o coordenador geral da campanha Eduardo Leite, Valdir Bonatto, ex-prefeito de Viamão.

Bonatto, eleito em 2012 e padrinho político de seu vice, André Pacheco, chegou a ser ventilado como um possível subistituto a Leite, caso ele desistisse de lançar seu nome. Com o aceite do pelotense, o professor/empresário se encarregou de articular a campanha tucana.

Se Leite confirmar as pesquisas de intenção de voto, que projetam uma vitória de 60 a 40 em cima do Gringo de Caxias, os dois suplentes do PSDB podem subir de posição na lista para assumir uma vaguinha na Assembléia e na Câmara Federal, já que o movimento natural é o futuro governador se cercar de deputados de seu partido para compor as secretarias. Além desta possibilidade, Viamão pode ganhar um Chefe da Casa Civil, Valdir Bonatto.

A posição de destaque do maior nome do PSDB em Viamão fortaleceria ainda mais o partido para a disputa de 2020, quando André terá a oportunidade de renovar seu mandato ou indicar um sucessor assim como fez o padrinho Bonatto, que por sinal, a esta altura do campeonato teria experiência e visibilidade o bastante para quem sabe substituir o próprio Leite em 2022, já que o candidato afirmou a todo pulmão que não será candidato a reeleição.

 

Mas para tudo isso acontecer o PSDB precisa ganhar a eleição no domingo.

Tainá Rios

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9306 0162
redacao@diariodeviamao.com.br

Vinicius Ferrari

Direção Geral e administrativo
51 9 9962 3023
vinicius@diariodeviamao.com.br

Vitor Zwozdiak

Departamento Comercial
comercial@diariodeviamao.com.br

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS