Domingo, 16 de JUNHO de 2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

poder

Bonatto fica de fora do Governo Leite

por Vinicius Ferrari | Publicada em 29/12/2018 às 11h54| Atualizada em 07/01/2019 às 23h01

O governador eleito, Eduardo Leite, que toma posse no dia primeiro de janeiro, anunciou na sexta-feira os últimos nomes que farão parte do seu secretariado. São cinco novos secretários, além do anúncio de que o vice governador, será o responsável pela pasta da Administração Penitenciária. Do PSDB, o primeiro suplente de deputado estadual, Faisal Karam será o novo secretário da educação, subindo o viamonense Geraldinho da 4ª suplência para a 3ª. Agora apenas Gilberto Cezar e Adilson Troca separam o ex-deputado federal de uma cadeira na Assembleia Legislativa, caso algum titular se ausente.

O ex-prefeito de Viamão Valdir Bonatto, e presidente em exercício do PSDB estadual, recusou ser secretário de educação do governador Eduardo Leite. Foi Bonatto quem coordenou a campanha do ex-prefeito de Pelotas ao Piratini e já era dada como certa a ida do viamonense ao governo.

As informações que circulam no Twitter, dão conta que Bonatto recusou a Casa Civil, que o Diário já tinha especulado ser um possível destino do tucano, e a Gestão Estratégica. A justificativa seria a mesma dada quando Bonatto decidiu não concorrer a reeleição em 2016: se dedicar a sua rede de escolas, o Cesi. Além disso, Bonatto estaria pronto para lançar uma fábrica de água mineral.

Nos últimos anos percebemos uma trajetória inversa entre o PSDB nacional e o municipal de Viamão. Enquanto os tucanos vem perdendo protagonismo em Brasília, no município vem em uma grande crescente. De nenhum vereador eleito em 2008, conquistaram uma vaga em 2012 para Plínio Tiquino além da prefeitura com Bonatto, e cinco vagas na câmara e a eleição de André Pacheco em 2016. Neste ano lançou candidato para a Câmara Federal e para a Assembleia, e apesar de não eleger ninguém, conseguiu chegar quase lá, com Geraldinho. E agora três recusas ao secretariado estadual.

Em politica tudo é questão de perspectiva, e as suplências para quem tinha a faca e o queijo na mão pode ser encarado como uma derrota tucana, mas para os PSDbistas não foi um ano nada mal.   

 

 

Tainá Rios

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9306 0162
redacao@diariodeviamao.com.br

Vinicius Ferrari

Direção Geral e administrativo
51 9 9962 3023
vinicius@diariodeviamao.com.br

Vitor Zwozdiak

Departamento Comercial
comercial@diariodeviamao.com.br

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS