Quarta-feira, 20 de FEVEREIRO de 2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

poder

PSDB anuncia saída do governo André Pacheco

por Vinicius Ferrari | Publicada em 17/01/2019 às 22h38| Atualizada em 25/01/2019 às 15h53

Caiu como uma bomba a notícia de que o PSDB, partido do prefeito André Pacheco e do ex, Valdir Bonatto, saiu da base do governo. Isso mesmo, o partido do Prefeito deixou a prefeitura na noite desta quinta-feira, 17, depois de usar a página do partido no Facebook para soltar um comunicado que você lê no rodapé do texto.

Boatos de que a relação entre Pacheco e Bonatto estavam estremecidas rondavam o meio político desde o final do ano passado, com a eleição de André Gutierres (PP)  para a presidência da Câmara Municipal. André Pacheco defendia a chapa encabeçada por Guguzinho Streit (PTB) por acreditar que o acordo firmado pela base de eleger Gutierres o presidente do terceiro ano da legislatura estaria automaticamente quebrado desde que tanto Nadim quanto Gutierres anunciaram suas saídas da base governista na Câmara. Para Bonatto, e grande parte dos vereadores governistas nada era tão automático, e passaram a defender o cumprimento do acordo feito pelos vereadores no início da legislatura.

Na nota, postada na rede social, o PSDB alega que André Pacheco não é mais o representante do movimento "Mudança de Verdade". Foi a mudança, encabeçada por Bonatto em 2012 e por Pacheco em 16 que formou o frentão que tirou o PT da prefeitura depois de 16 anos e conseguiu eleger o sucessor de Bonatto com quase 60% dos votos válidos em 2016. 

Se os dois primeiros anos de mandato foram uma marolinha para André Pacheco, nos dois últimos tudo leva a crer que o prefeito enfrentará águas agitadas e tsunami no mar da política viamonense. O prefeito enfrentará uma oposição mais forte e numerosa na Câmara e terá que lidar com críticas de seu próprio partido.

Procurado, o prefeito não quis se manifestar até o fechamento desta matéria. 

 

A NOTA

 

Viamão, 17 de janeiro de 2019

O surrado ditado “Diga-me com quem andas e direi quem tu és”, traduz com fidelidade o momento pelo qual passa o prefeito André Pacheco. O projeto Mudança de Verdade, que em apenas quatro anos de gestão do prof. Bonatto colocou as contas em dia, entregou obras e que foi aprovado pela população de Viamão, com 70% dos votos, não tem mais em André Pacheco um representante.

O caminho escolhido por André Pacheco contraria todos os princípios éticos e morais que nortearam o grupo de pessoas que abriu mão de seus desejos pessoais para trabalhar pelo bem comum dos viamonenses. André Pacheco não representa mais o projeto iniciado em 2012, pela sua incapacidade causada principalmente pelas companhias que escolheu para estar ao seu lado. Isso se traduz na falta de serviços de saúde, na deficiência de iluminação, na falta de conservação das ruas, na paralisação de obras, causadas pela falta de foco e interesse coletivo. O atual governo não escuta a população e não compactuamos com isso.

Não poderíamos ficar omissos diante de tal quadro. Compactuar com o rumo que o prefeito André Pacheco tomou seria trair a confiança do povo que elegeu nosso projeto. O PSDB Viamão não faz mais parte desta gestão que se transformou em projeto pessoal, de poder, ignorando os conceitos de gestão que entregou serviços para a população viamonense.

PSDB VIAMÃO

Tainá Rios

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9306 0162
redacao@diariodeviamao.com.br

Vinicius Ferrari

Direção Geral e administrativo
51 9 9962 3023
vinicius@diariodeviamao.com.br

Vitor Zwozdiak

Departamento Comercial
comercial@diariodeviamao.com.br

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS