Quinta-feira, 22 de JUNHO de 2017

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

de brasília

Jones Martins e Michel Temer, em jantar no Palácio do Planalto, ano passado

A noite em que Temer ligou para Jones

por Rafael Martinelli | Publicada em 25/05/2017 às 10h10| Atualizada em 30/05/2017 às 09h42

Ainda ofegante e quase sem voz após um discurso em alto tom que abafava os gritos de ‘Fora Temer’ que ecoavam no plenário da Câmara Federal, Jones Martins saiu da tribuna por volta das 19h da terça-feira e, ao tirar o celular do silencioso, observou três chamadas não atendidas de um número desconhecido. Retornou e o telefone não recebia ligações. Segundos depois, sua secretária avisou: o presidente da República queria falar com ele. Em uma nova ligação, o ajudante de ordens anunciou Michel Temer.

- Deputado Jones, queria lhe agradecer pelo discurso – começou a falar, de seu jeito formal, o homem que está no centro de uma das maiores crises da história moderna do país, antes de se soltar um pouco mais:

- Fiquei impressionado, pelo conteúdo e a sequência lógica, mostrando que os responsáveis pela crise não querem deixar nosso governo trabalhar pelo Brasil.

 

LEIA TAMBÉM

EM VÍDEO - O discurso que fez Temer ligar para Jones

 

Se o destemor do deputado federal de Gravataí em defender a permanência do presidente contra quase tudo e quase todos foi alvo de críticas de colegas, como Jean Wyllys (PSOL), que citado durante o discurso tuitou logo depois, e sofreu mais ataques do que elogios nas redes sociais de sua aldeia, Jones ganhou pontos com os seus, sejam aqueles ‘antipetistas’ de fora da política, silenciosos por constrangidos com o momento, sejam os colegas de partido e de governo.


 

Ainda na noite da terça, a nota do Seguinte: com o vídeo do discurso circulava por grupos de whatsapp de deputados, prefeitos e vereadores, principalmente do PMDB gaúcho. Foi distribuído também em grupos de ministros, um deles com a participação do próprio Temer.

Na manhã desta quarta, Eliseu Padilha, ministro chefe da Casa Civil e número 1 do governo Temer, um dos padrinhos políticos de Jones ao lado do prefeito de Gravataí Marco Alba, enviou um torpedo confirmando que o presidente comentou com ele ter ficado “impressionado” com o discurso.

O desenrolar do enredo parece o daquelas novelas da Globo inspiradas em tragédias gregas, onde se mantém o suspense até as cenas dos próximos capítulos, mas todo mundo já sabe o final. Porém, a coragem de Jones, que ao contrário de tantos que se preservam, já tinha defendido publicamente as reformas trabalhista e previdenciária, o fez subir na cotação com o partido e a cúpula do Planalto-Jaburu.

Lealdade na política não é difícil, é rara.

E, goste-se ou não, bom é que qualquer um sabe o lado de Jones e o que ele defende.

 

Assista ao vídeo com os 10 minutos de discurso de Jones

 

 

Telefones:
Depto Comercial - 51 3046-6114 - Ramal: 200
Redação - 51 3046-6114 - Ramal: 202
ADM/Financeiro- 51 3046-6114 - Ramal: 200

Expediente:
Rodrigo Becker - Editor-Chefe
Bruna Lopes - Repórter
Maiara Tierling - Administrativo
Rosângela Ilha - Diretora
Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS