Domingo, 18 de NOVEMBRO de 2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

HIV

Exposição interativa sobre HIV se instala na praça da Matriz

por Assessoria PMV | Publicada em 09/07/2018 às 14h40| Atualizada em 13/07/2018 às 15h03

O projeto “Prevenção: #TôDentro – Viamão mais forte contra a AIDS”, uma das estratégias para o

enfrentamento da epidemia da doença no município, volta a acontecer no mesmo formato

interativo, dividido por estações temáticas distribuídas dentro de contêineres. A experiência, que

já foi vivida por cerca de 4 mil jovens, é realizada pela Secretaria de Saúde de Viamão desde 2016,

e será aberta novamente ao público na próxima segunda-feira, dia 9 de julho (Praça da Igreja

Matriz, das 8h30min às 12h e das 13h30min às 16h30min). A expectativa é de que cerca de 1000

adolescentes visitem a instalação até o dia 13.

 

A iniciativa é uma das ações do município de Viamão pelo compromisso assumido juntamente

com o governo do Estado, ao lado de outras 14 prefeituras gaúchas, durante a assinatura da

“Declaração de Paris”, lançada pelo UNAIDS em 2015. O documento é um termo de compromisso

para chegar às metas de tratamento até 2020 e acabar com a epidemia de AIDS até 2030. Por essa

razão, representantes da UNESCO, UNAIDS E UNFPA estarão presentes na tarde da quarta (11)

para conhecer as experiências exitosas e avaliar as políticas públicas de enfrentamento ao HIV.

Conscientização e teste rápido - Durante toda a semana a exposição interativa guiada e mediada

por atores e profissionais de saúde, irá proporcionar aos jovens da rede pública de ensino

experiências sensoriais relacionadas ao uso do preservativo, e teste rápido de HIV como estratégia

de prevenção, vulnerabilidade e preconceito. Também haverá distribuição e informação sobre o

uso correto dos preservativos masculino e feminino. Além disso, a expectativa é a de potencializar

os participantes como multiplicadores das informações divulgadas.

 

O assunto ainda é serio - A epidemia de AIDS entre jovens se constitui como um dos principais

desafios para o controle da doença no país. Dados do Ministério da Saúde apontam que o número

de novos casos entre pessoas de 15 a 19 anos cresceu 81% nos últimos 10 anos. Atualmente,

Viamão apresenta 2.617 casos notificados de HIV, e uma taxa de detecção de 47,7 casos por

100.000 habitantes, o dobro da média nacional.

 

 - Há neste grupo uma sensação completamente equivocada de que a AIDS é uma doença

controlada e de que não há risco de contrair o vírus - destaca a médica Maria Letícia Ikeda, coordenadora da Política de HIV/AIDS e Hepatites Virais do município.

E reforça - é fundamental encontrar outras formas de falar com os jovens, para que eles possam ter a percepção do quanto estão vulneráveis à esta epidemia, e passem a ser protagonistas da sua prevenção. Não vamos conseguir isso apenas dizendo, massivamente, que eles devem usar camisinha. É preciso também considerar que cada grupo possui características socioculturais diferentes e isto deve ser levado em conta no processo de abordagem.

 

SAIBA MAIS:

O QUE OS VISITANTES VÃO ENCONTRAR:

1ª ESTAÇÃO: LABORATÓRIO DA INFORMAÇÃO

Ambientação de laboratório de ciências, com diversos tubos de ensaio, monitores touch

screen, águas com corantes e gelo seco, onde um cientista lança ao público um breve

histórico da epidemia, grupos que mais tem se infectado e formas de transmissão,

prevenção e tratamento para o HIV e Sífilis.

 

2ª ESTAÇÃO: CAMISINHA: NÃO TEM DESCULPA PARA NÃO USAR

Nessa estação, serão instalados nichos, onde os visitantes com um preservativo masculino

colocado na mão, como se fossem luvas, poderão sentir diferentes texturas, temperatura

ao colocar a mão nos recipientes. Ademais, uma bancada - contendo próteses penianas e

vaginais - será instalada para que os participantes possam ter a experiência correta de

colocação do preservativo.

 

3ª ESTAÇÃO: VIVENDO COM HIV

Nesta estação os visitantes assistirão, em cabines individuais, vídeos com depoimentos de

jovens vivendo com HIV. Ao final do Vídeo, os participantes, de frente para um espelho,

serão estimulados, por meio de áudios nos fones de ouvido, a refletirem sobre preconceito

e prevenção.

 

4ª ESTAÇÃO: O CUPIDO ME FLECHOU E INFORMOU

Nesta Estação, com cenografia de balada, um ator com roupa de cupido, fará uma dinâmica

com o grupo com os participantes para que eles possam refletir o quanto são vulneráveis a

contrair IST´s e como podem proceder para gerenciar o risco.

 

5ª ESTAÇÃO: UMA PICADINHA NÃO DÓI

Enfermeiros da SMS ilustram como é feito o teste rápido para HIV/Sífilis, focando na

importância de cada visitante saber da sua sorologia. O objetivo desta estação é

desmistificar o teste de HIV e torná-lo um exame de rotina.

 

Tainá Rios

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9306 0162
redacao@diariodeviamao.com.br

Vinicius Ferrari

Direção Geral e administrativo
51 9 9962 3023
vinicius@diariodeviamao.com.br

Vitor Zwozdiak

Departamento Comercial
comercial@diariodeviamao.com.br

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS