Terça-feira, 26 de JANEIRO de 2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

Velha política

Comerciante e Russinho na noite que valeu um decreto

Russinho troca vidas por votos

Publicada em 05/04/2020 às 00h| Atualizada em 13/04/2020 às 23h27

Não era dia de expediente, mas a visita não foi uma mera cordialidade. Antes que digam, não se tratava de um simples encontro de amigos, pois a conversa envolveu negócios e, sobretudo, eleições. Ironicamente, no sábado em que o Brasil rompeu a barreira psicológica dos dez mil casos confirmados de coronavírus – e 432 mortes, o jantar do prefeito de Viamão foi brindado com barganha.

Na calada da noite, sem alarde, Russinho foi até a casa de um dos comerciantes que organizaram a carreata pela reabertura do comércio semana passada (30 de março). No cardápio, uma troca: decretos por votos.

Tenho fotos e conversas para comprovar.

O acordo é o seguinte: Russinho libera a volta gradual dos lojistas e recebe apoio à sua candidatura a prefeito. Russo convence a Câmara, os secretários, compra a briga com o governo do Estado, e a categoria fecha com ele na campanha.

Calçado no que Eduardo Leite não proibiu em seu último decreto, o prefeito em exercício usará a brecha dos ‘serviços essenciais’ para permitir a volta de salões de beleza, barbearias e estéticas já a partir desta segunda-feira (6). Depois do barulho, aos poucos, ficou acertada a liberação das demais atividades.

Russinho foi, no mínimo, perspicaz, já que angariou sorrisos – e votos – do pequeno comerciante (que é dono de barbearia) usando a tinta da caneta do Eduardo Leite. O canto da sereia deu certo. As fotos cheias de dentes e as conversas compartilhadas por Whatsapp na madrugada do domingo (5) pelo anfitrião barbeiro aos demais comerciantes que participaram da carreata uma semana atrás dão a dimensão do encantamento:

Sorriso de quem conseguiu liberação parcial do comércio, segunda feira voltamos com salões de beleza, barbearias, estéticas. Na segunda vou até camara (SIC) para pegar o decreto assinado pelo prefeito Russinho.”

E o resto? - quiseram saber imediatamente os demais. Nosso amigo barbeiro continua:

“Ainda temos muito coisa pela frente galera, foi só uma pequena vitória, segunda e na terça já estaremos conversando sobre outros comércios para parcialmente irem abrindo... Vou manter vocês informados, mas daqui pra frente já teremos muito mais o prefeito ao nosso lado, ele foi totalmente a favor do nosso protesto, e viu com bons olhos nossa vontade de voltarmos para o trabalho, com diálogo e transparência nos próximos dias e reuniões, vamos abrindo mais e mais!”

Para Russinho cumprir essa promessa por completo, terá que enfrentar o governo do Estado. Em que pese conversas para a retomada de alguns setores, como a construção civil, já nesta semana, Eduardo Leite foi bem claro sobre seu decreto: prefeitos podem endurecer as medidas. Aliviar, nem pensar.

E agora?

O desfecho, sinceramente não sei qual será. Mas temo. Em um país em que se descumpre ordem judicial como se uma decisão liminar fosse apenas um puxão de orelha de mãe escrito em um pedaço de papel qualquer, rasgar um decreto nem parece tão grave assim.

Quando tocaram o hino nacional na praça semana passada (30), temi que Russinho fosse mordido pela mosca da popularidade em ano eleitoral. E as conversas que tive acesso provam que ele foi. O diálogo que se segue entre os comerciantes mostra o que mais virá junto com o decreto acertado no sofá da sala do barbeiro para esta segunda-feira (6):

Ontem, após muitos dias incomodando kkk (SIC), o prefeito, a carreata e tudo mais, o homem teve aqui e está ouvido nossa voz como logistas (SIC). Ele, pessoalmente representando a prefeitura, fez ontem à noite um convite para estarmos mais perto como voz dos comerciantes dentro da prefeitura, como vereador, na verdade nossa intenção nunca foi essa, mas a voz de alguém do nosso meio lá dentro é muito mais facilmente, não só ouvida mas respeitada, a pré candidatura foi uma consequência de todo nosso ato e um convite do prefeito, o que vocês acham disso?’

Não sei os outros comerciantes, não sei os leitores, mas eu e quem mais tiver senso crítico deveria achar uma vergonha, algo sorrateiro. Exagero? Vejamos:

Russinho rifou a saúde dos comerciários, coloca trabalhadores e população em risco em nome da eleição. É uma barganha digna da velha política… meia dúzia de decretos e uma vaguinha para concorrer a vereador por um setor inteiro da sociedade lhe inflando como candidato a prefeito. Irônico que esse desejo pela volta ao trabalho tenha nascido do discurso do presidente ‘que veio para acabar com a mamata’, eleito por ‘cidadãos de bem’ cansados do velho e enfadonho balcão de negócios do mundo eleitoral.

Se isso não é aceitar o risco de trocar vidas por votos, eu não sei o que é. Talvez eu pergunte às 300 funcionárias da terceirizada que estão sem receber salários desde outubro; Aquelas que o prefeito mandou avisar que estão à própria sorte. Mas se alguém morrer por covid-19 ao circular pelo comércio de Viamão, uma pessoa que seja, chamarei de crime doloso.

Lembrando: neste domingo, o governo do Estado confirmou mais dois casos da covid-19 em Viamão - Já são seis...

Com a palavra, Valdir Jorge Elias, o Russinho. Este espaço é todo seu, para as suas explicações, prefeito. Mas, suplico, não troque vidas por votos.

 

 

A seguir, reproduzo na íntegra os diálogos do organizador da carreta em um grupo de lojistas no Whatsapp:

 

[00:04, 05/04/2020] Sorriso de quem conseguiu liberação parcial do comércio , segunda feira voltamos com salões de beleza ,barbearias


[00:05, 05/04/2020] Estéticas


[00:06, 05/04/2020] Na segunda vou até camara (SIC) para pegar o decreto assinado pelo prefeito Russinho


[02:40, 05/04/2020] Ainda temos muito (SIC) coisa pela frente galera, foi só uma pequena vitória , segunda e na terça já estaremos conversando sobre outros comércios para parcialmente irem abrindo... Vou manter vocês informados , mas daqui pra frente já teremos muito mais o prefeito ao nosso lado , ele foi totalmente afavor (SIC) do nosso protesto , e viu com bons olhos nossa vontade de voltarmos para o trabalho , com diálogo e transparência nos próximos dias e reuniões vamos abrindo mais e mais !

 

[10:36, 05/04/2020] Ontem após muitos dias incomodando kkk o prefeito a carreata e tudo mais o homem teve aqui e está ouvido nossa voz como logistas (SIC)

 

[10:37, 05/04/2020] Abriremos apartir (SIC) se (SIC) segunda parcialmente começando como poa salões e Barbearias


[10:40, 05/04/2020] Ele pessoalmente representando a prefeitura fez ontem a noite um convite para estarmos mais perto como voz dos comerciantes dentro da prefeitura como vereador , na verdade nossa intenção nunca foi essa , mas a voz de alguém (SIC) do nosso meio lá dentro é muito mais facilmente não só ouvida mas respeitada , a pré candidatura foi uma conciensia. (SIC) de todo nosso (SIC) ato e um convite do prefeito o que vocês acham disso ?
[10:40, 05/04/2020] Consequência

 

 

 

 

LEIA TAMBÉM

Estado confirma quinto e sexto casos de covid-19 em Viamão

A praça das seis mulheres: o apelo das merendeiras que não recebem salários desde dezembro

O baile de máscaras, o ódio nas redes e o vírus da desinformação

Últimas Cristiano Abreu

Câmara
Ministério Público ingressa com ação para impugnar mandatos de dois vereadores de Viamão
Crise do coronavírus
Viamão aguarda Bonatto para saber quando vacinação contra a COVID-19 iniciará; Espante os negacionistas, prefeito!
Política
Câmara dá pausa no recesso de verão para votar novo orçamento para Valdir Bonatto
De mudança
Guto Lopes confirma ida para Brasília: ’vou continuar trabalhando um pouco por lá, um pouco aqui... pelo RS e, claro, por Viamão’
Entrevista
COM VÍDEO: Presidente da Acivi avalia ano que passou e projeta desafios de 2021
Novos donos da cadeira
Valdir Bonatto é o dono da caneta: a posse do novo prefeito e os bastidores da transição de poder em Viamão
Exclusivo
Os primeiros nomes: apuração do Diário revela secretariado de Valdir Bonatto
Legislativo definido
Armando presidente e Dieguinho vice: as cartas marcadas na eleição da Câmara
Troca rápida
Evandro Rodrigues volta à cadeira de prefeito: entenda
Nova legislatura
Temporada de redecoração: vereadores esvaziam gabinetes e móveis ’desaparecem’ da Prefeitura; os preparativos e as indefinições da posse
Busca pelo poder
Pelo menos quatro frentes disputam a presidência da Câmara: o cabo de guerra
Definições, enfim
Primeiros nomes do secretariado de Bonatto serão anunciados amanhã; o jeito Viamão de ser das coisas
Os bastidores da volta de André Pacheco
No apagar das luzes, livros escolares sem licitação e compra de lâmpadas que a própria Prefeitura proíbe: a mulher de César
Exclusivo
Ministério Público denuncia prefeito André Pacheco, vereador e dois secretários por organização criminosa. Diálogos apontam pedido de propina para campanha
Nunca vi sequer uma pá por aqui
Governador, a RS-118 vai além de Gravataí; Viamão e Alvorada pagaram pela obra, mas só recebem ilusões
Limpando o nome
André Pacheco aproveita volta meteórica e tenta brilhar antes de entregar chaves da Prefeitura
Polêmica
Cláudia Harfouche fala sobre saúde de Nadim: ’Ele é candidato a transplante’
’Com Supremo, com tudo’
Em nome do acordão: sem mandato em 2021, Nadim sai da cena política pela porta dos fundos; entenda
Diplomação
REPORTAGEM COM VÍDEO | Os recados da juíza e da promotora aos eleitos em Viamão: quem avisa, amigo é!
’Fica a Dica’
Ministério Público confirma prisões em operação que investiga fraude eleitoral em Viamão

Cristiano Abreu

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9962 3023
[email protected]

Rafael Martinelli

Editor
[email protected]

Roberto Gomes

Diretor
[email protected]

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS